Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Informações do Álbum Todos Os Grandes Sucessos
    1. Pot-Pourri: Panela Velha / Pinga Ne Mim
    2. O Menino da Porteira
    3. Saudade da Minha Terra
    4. Todas as Manhãs
    5. O Menino da Gaita
    6. Pot-Pourri: Cabecinha do Ombro / Meu Primeiro Amor
    7. Pot:Pourri: Chico Mineiro / Chalana
    8. Comitiva Esperança
    9. Filho Adotivo
    10. Maluco Pelo Rio Grande
    11. Coração de Papel
    12. Estória de Cantador
    13. O Caminho de Partir é o Mesmo de Voltar
    14. Nada Me Consola

    x
    Ver discografia completa »
    Play
    PLAY

    De que me adianta viver na cidade
    Se a felicidade não me acompanhar
    Adeus, paulistinha do meu coração
    Lá pro meu sertão, eu quero voltar
    Ver a madrugada, quando a passarada
    Fazendo alvorada, começa a cantar
    Com satisfação, arreio o burrão
    Cortando o estradão, saio a galopar
    E vou escutando o gado berrando
    Sabiá cantando no jequitibá

    Por Nossa Senhora, meu sertão querido
    Vivo arrependido por ter deixado
    Esta nova vida aqui na cidade
    De tanta saudade, eu tenho chorado
    Aqui tem alguém, diz que me quer bem
    Mas não me convém, eu tenho pensado
    Eu fico com pena, mas esta morena
    Não sabe o sistema que eu fui criado
    To aqui cantando, e de longe escutando
    Alguém está chorando, com rádio ligado

    Que saudade imensa do campo e do mato
    Do manso regato que corta as Campinas
    Aos domingos ia passear de canoa
    Nas lindas lagoas de águas cristalinas
    Que doce lembrança das aquelas festanças
    Onde tinha dança e lindas meninas
    Eu vivo hoje em dia sem ter alegria
    O mundo judia, mas também ensina
    Estou contrariado, mas não derrotado
    Eu sou bem guiado pelas mãos Divinas

    Pra minha mãezinha já telegrafei
    Eu já me cansei de tanto sofrer
    Nesta madrugada estarei de partida
    Pra terra querida que me viu nascer
    Já ouço sonhando o galo cantando
    O nhambu piando no escurecer
    A lua prateada clareando a estrada
    A relva molhada desde o anoitecer
    Eu preciso ir pra ver tudo ali
    Foi lá que nasci, lá quero morrer

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Sérgio Reis

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.