Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Sou como um bicho do mato
    De instinto pacato
    No meio da multidão
    Entre pessoas e risos
    Eu já me arrisco
    Não me aventuro, não
    Sou assim mesmo
    E não mudo
    Estrangeiro no mundo
    Esquecido de alguém
    Sou a semente da vida
    Serpente perdida
    Que vai e que vem

    Lá onde o vento é morada
    O tudo é o nada
    E eu não sou João Ninguém
    Não há noite, não há dia
    Meu canto é magia
    Das terras do além
    Lá que eu me banho nas fontes
    Dos vales, dos montes
    Da minha emoção
    Tem brincadeira de roda
    E a fada é a menina
    Do meu coração
    Quando eu voltar para
    casa
    Não levo mais nada, além
    de mim
    Sei que na minha chegada
    Há um porto seguro
    Um céu, um jardim
    Há um cavalo alado
    Nas montanhas azuis
    Que vai me levar para onde
    Eu preciso chegar.

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Sérgio Reis

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.