Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Como no poço da morte
    como no poço da morte
    a gente roda e gira e gira
    a gente joga tudo
    a gente arrisca a vida
    a gente roda e gira
    rumo à terra prometida
    e quando lá chegamos
    já a encontramos revolvida
    a terra que sempre se desejou
    e que se deixa de reconhecer
    no dia em que se vai p'ra lá morar

    Mas como se costuma dizer
    tem que ser
    porque parar, nunca!
    Ficar parado?
    Antes o poço da morte
    que tal sorte

    Como no poço da morte
    como no poço da morte
    a gente roda e nos ouvidos
    os motores vão formando melodias
    cantadas logo em coro
    P'ra conjurar avarias
    que os motores nunca falhem
    que esta vida são dois dias
    são viras e são rocks e são hinos
    que a gente deixa de saber de cor
    no instante que se acaba de cantar

    Mas como se costuma dizer
    tem que ser
    porque parar, nunca!
    Ficar parado?
    Antes o poço da morte
    que tal sorte

    Como no poço da morte
    como no poço da morte
    a gente gira contra ventos e marés
    e tempestades e tornados
    como os miúdos teimam
    em ficar acordados
    e lutam contra o sono
    com os olhos arregalados
    assim nós também p'ra lá da fadiga
    giramos acordamos e dizemos:
    eu tenho a morte toda p'ra dormir

    Mas como se costuma dizer
    tem que ser
    porque parar, nunca
    Ficar parado?
    Antes o poço da morte
    que tal a sorte

    Como o poço da morte
    como o poço da morte
    a gente roda e gira e queima o tempo
    e queima gasolina e queima etapas
    a gente puxa o brilho
    aos motociclos e nas chapas
    reluzem nossos fatos
    nossas botas, nossas capas
    e com a certeza já de estontearmos
    ligamos os motores um dia mais
    E vai de roda e gira sem parar

    Mas como se costuma dizer
    tem que ser
    porque parar, nunca
    Ficar parado?
    Antes o poço da morte
    que tal sorte

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Sérgio Godinho

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.