Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    NÃO SEI REZAR


    É madrugada que horas são
    De que importa decepção
    Aqui a cena continua sem ser bela
    É o S.R.V.A humildimente na tela
    Pra relatar pra te dizer
    O dia a dia de um povo já cançado de sofrer
    O que fazer o resto da feira não deixa que
    O filho desnutrido venha a falecer
    E daqui a seis anos ele vai se envolver
    Com uma quadrada que lhe dara poder e proceder
    E desta vez ele que evitara que
    A mãe de fome venha a falecer
    Varias fita varias jogadas
    Trairage não vale de nada
    E a mãe chora e ora todos dias
    Ai meu Deus do céu tira meu filho dessas correrias
    E ela até prefere passar fome
    Do que ver seu filho na mao dos home
    O coração bate forte num instante um disparo
    Seu filho não chegou começa o noticiário
    _Poe na tela primo
    _Desmantelada quadrilha de roubos a banco da sul
    É uma facada no coração
    Vendo os elementos na detenção
    Poderia ser seu filho
    Um daqueles rostos ou até morto por tiros
    A dois anos atrás foi que descobriu que o filho
    Ja andava na quebrada de fuzil
    Ela tentou se esforçou não conseguiu
    O mundo tinha outros atrativos que o menino viu


    Me desculpe meu Deus
    Porque eu não sei rezar
    Porque eu não sei rezar
    Nessa vida bandida sofrida
    So me encinaram a atirar (2vezes)



    Varias historias estao sendo escritas assim
    Não se tem final feliz esta sempre próximo o fim
    Maes chorando são milhares
    A destruição não é em um mais em varios lares
    Quem matou quem assaltou quem morreu
    Mais uma vez é o povo que perdeu
    Nesse show room de varias armas que diria
    Se foi um calibre a mais na periferia
    Foi expulso da escola
    Deu trabalho até umas horas
    E mandava se fuder quem dava conselhos pra você
    Viu os boys de mobilete tirando um lazer
    Lembra foi seu primeiro corre quento uma pra você
    Esqueceu os brinquedos esqueceu da bola
    Esquece o caderno mais se lembra da pistola
    Também se lembra do dia que a mãe faleceu
    De nada adiantou o que os corre lhe deu
    Dinheiro carro casa não vale de nada
    Porque a guerreira não lhe acompanha na jornada
    De onde estiver olhara por ti
    Seja um calibre a menos coloque nisso um fim
    Meu mano de fome ela não faceceu
    Teve privilejos regalias mais em paz não viveu
    Pois cada vez que ligava a tv
    Vinha na mente a imagem que ela não queria ver
    Torturado humilhado algemado era você
    Ela tentou se esforçou não conseguiu
    O mundo tinha outros atrativos que o menino viu



    Me desculpe meu Deus
    Porque eu não sei rezar
    Porque eu não sei rezar
    Nessa vida bandida sofrida
    So me encinaram a atirar (2vezes)

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Sales S.r.v.a

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.