Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Instrumento:
    ROSA DE SARON [Horizonte Distante]
    Composição: Guilherme de Sá 
    
    Tom: Dm
    
                     Dsus9                 Bbsus9                                 F13
    Parece estranho, sinto o mundo girando ao contrário
                                                         Dsus9          Bbsus9
    Foi o amor que fugiu da sua casa e tudo se perdeu no tempo
        F13
    É triste e real, eu vejo gente se enfrentando
                  Dsus9                      Bbsus9
    Por um prato de comida, água é saliva
    F13
    Êxtase é alívio, traz o fim dos dias
            Dsus9                                    Bbsus9
    E enquanto muitos dormem, outros se contorcem
           F13                                                                  Gsus9      Bbadd9
    É o frio que segue o rumo e com ele a sua sorte
    
                     Dsus9                Bbsus9               F13
    Você não viu? Quantas vezes já te alertaram
                                                     Dsus9              Bbsus9
    Que a Terra vai sair de cartaz e com ela todos que atuaram?
        F13
    E nada muda, é sempre tão igual. A vida segue a sina
    Dsus9                                 Bbsus9
    Mães enterram filhos, filhos perdem amigos
         F13                                                                                           Dsus9
    Amigos matam primos, jogam os corpos nas margens dos rios contaminados
      Bbsus9                           F13                                                             Gsus9
    Por gigantes barcos. Aquilo no retrato é sangue ou óleo negro?
    
    Bb                             C               Dm                            F
    Aqui jaz um coração que bateu na sua porta às 7 da manhã
    Bb                                  C          Dm                                 F
    Querendo sua atenção, pedindo a esmola de um simples amanhã
      Bb                                C                                     Dm                                                      F
    Faça uma criança, plante uma semente, escreva um livro e que ele ensine algo de bom
       Bb                                               C
    A vida é mais que um mero poema, ela é real
    
    
                    Dsus9           Bbsus9             Fsus9
    É pão e circo, veja a cada dose destilada
                                                                 Dsus9                  Bbsus9
    Um acidente que alcooliza o ambiente, estraga qualquer face limpa
    
    
               Fsus9
    De balada embalada vale tudo e as meninas
    
    
                 Dsus9                            Bbsus9                           Fsus9
    Das barrigas tiram os filhos, calam seus meninos, selam seus destinos
                                                   Dsus9
    São apenas mais duas histórias destruídas
         Bbsus9                          Fsus9
    Há tantas cores vivas caçando outras peles movimentando a grife
        Gsus9                               Bbsus9                                Dm
    A moda agora é o humilhado engraxando seu sapato
                                           F
    Em qualquer caso é apenas mais um chato
    
    Bb                             C               Dm                            F
    Aqui jaz um coração que bateu na sua porta às 7 da manhã
    Bb                                  C          Dm                                 F
    Querendo sua atenção, pedindo a esmola de um simples amanhã
      Bb                                C                                     Dm                                                      F
    Faça uma criança, plante uma semente, escreva um livro e que ele ensine algo de bom
       Bb                                               C
    A vida é mais que um mero poema, ela é real
    
    D5 D5 D5 D5 D5 D5 D5 C5 D5 Eb5 D5 D5 D5 D5 D5 D5 C5 D5 C5 D5 D5 D5 D5 D5 D5 C5 D5 Eb5 D5 D5 D5 D5 D5 D5 D5
    
        Bb7M                                  Gm
    E ainda que a velha mania de sair pela tangente
     Dm                                        F                               Bb7M
    Saia pela culatra o que se faz aqui, ainda se paga aqui
                         Gm
    Deus deu mais que ar, coração e lar
    Dm    
        Deu livre arbítrio
           F
    E o que você faz?
          Gm                  F/A
    E o que você faz?
    
    Bb                             C               D
    Aqui jaz um coração
    Bb                             C                D                  Bb       C      D
    Aqui jaz um coração


    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Rosa de Saron

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.