Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    O termômetro registrou,
    a enfermeira confirmou,
    a minha morte aparente, a minha sorte, minha camisa rasgada no peito, escorrendo óleo diesel.
    O relógio alarmou,
    a TV anunciou,
    a minha morte, preta e branca, a sua sorte, e o seu durex já não cola, já não basta o tapa-olho, tenho mais um por entre as pernas cabeludas. Apenas olho por essas lentes.
    O meu pulso não pulsou,
    o aparelho aceitou,
    a minha morte aparente, a sua sorte, minha garganta sem voz.
    acordo semi-lúcido,
    entre a morte e a morte,
    relembrando onde perdi minha língua atrevida
    pelas mortes,
    pelas vidas,
    pelas avenidas,
    pelas Ave Marias gritadas em coro no meu violão.
    Pelas ruas sem chão!
    Meu corpo tem dois mil e tantos cavalos calados...

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Raul Seixas

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.