Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Aí, malandragem, sabe dessas noites,
    que tu sai de casa, sozinho de madrugada, meu irmão
    igual a um bezerro desmamado,
    com uma mão na frente e outra atrás,
    pensando naquela gatinha que te deu um tremendo fora,
    e aí de repente, gente boa, tu vê a menina na esquina,
    sozinha, dando a maior sopa, a mó bobeira,
    aí quando tu vai se chegando, meu irmão,
    pinta o maior camburão na jogada,
    fazendo a maior blitz, meu irmão,
    e os "homi" cai em cima:
    - Aí,malandragem, documento, mão prá cima...
    E tu mete a mão no bolso e não tem os documento, aí
    e os homi vem com aquela conversa mole, né
    e tu acaba tendo que pagar a cervejinha, meu irmão
    e aí eles te deixam ir embora.
    Que felicidade, que felicidade,
    que felicidade, que felicidade, gente boa....
    E aí então, né, tu vai se chegando pra gatinha,
    cheio de segundas intenções, e solta uma tremenda
    cascata em cima dela:
    - Aí, meu amorzinho, o negócio é o seguinte,
    vamo lá pro baixo leblon...
    E ela aceita, gente boa.
    Aí tu leva ela praquele barzinho, né...
    Chega lá, tu cheio de firula, puxa a cadeirinha,
    e manda ela sentar.
    - Muito obrigada!
    Aí chega o garçom, gente boa, aquele cara vestido
    igual um pinguim de branco e preto,
    e ela joga uma tremenda cascata em cima dele:
    - Garçom, traz uma porção de batata frita?
    - Que batata frita o que, gente boa,
    tá pensando que o meu dinheiro é o que, é capim?
    Aí, garçom, é o negócio seguinte, traz um churrasquinho
    aí, viu pode ser de gato, de preferência de gato siamês.
    - Ah, amor, churrasquinho de gato?
    - Churrasquinho de gato, sim, gente boa, por que? tu tem
    alguma coisa contra os felino, meu irmão?
    - Amor, então paga um chopp?
    - Que chopp o que, gente boa, aí garçom, o negócio é o
    seguinte: traz cachaça!!!
    - Paga um chopp?
    - Cachaça!
    -Ah, paga um chopp?
    - Cachaça, meu irmão!
    - Paga um chopp?
    - Cachaça!
    - Chopp?
    - Ok,, ok, você venceu. Aí garçom, traz cachaça,
    falô? Fazê o seguinte, não dá ouvido pra essa
    mulher não, que ela é maluca, tá legal?

    Refrão
    Eu hoje vou me dar bem, Eu hoje vou me dar bem
    Eu hoje vou me dar bem, Eu hoje vou me dar bem
    Eu hoje vou me dar bem, Eu hoje vou me dar bem

    Aí nós ficamo ali, né, meu irmão, jogando conversa
    fora, né, e todo mundo que passava, dizia que a gente
    era um casal e coisa e tal, sensacional, gente fina,
    mas meu irmão, como a mulher falava palavrão,
    gente boa, que coisa feia, a mulher falava com a boca
    cheia de comida, e cuspia no chão...
    Mas no começo tudo era lindo, maravilhoso, né,
    mas de repente, meu irmão, caiu tremendo temporal,
    mas mesmo embaixo d'água, o nosso amor era mais gostoso
    Aí o garçom trouxe a conta, aí,
    (Garçom): - Aí, paga a conta...
    Aí então, gente boa, a mulher enlouqueceu, ela dizia
    que quem pagava a conta era eu, eu dizia que quem
    pagava a conta era ela, e ela dizia que quem pagava
    a conta era eu.
    Aí eu falei:
    - Aí, o negócio é o seguinte, sujou, morô, eu não tenho
    dinheiro não...
    - Não tem dinheiro? Não é possível, não tem dinheiro?
    E que que é isso aí no seu bolso?
    - Nada, nada, nada, nada, nada, nada, nada, sai fora,
    gente boa, sai fora...

    Refrão

    Aí, né, nós arrumamos uma tremenda confusão ali no
    botequim, e saímos sem pagar, morô?
    Aí ficamos passeando ali em frente a areia de
    copacabana, e eu pensando cá comigo, aí:
    - É o seguinte, esse brotinho, gente boa, é muito
    bonitinho, morô, eu acho que eu vou me amarrar.
    Aí falei assim pro brotinho:
    - Brotinho, o negócio é o seguinte, vem cá,
    amorzinho... Nós tamo já aqui uma porção de tempo, né
    se beijando, e coisa e tal, e eu ainda não tive tempo
    de perguntar qualé o seu nomezinho... Qual é, hein?
    - Meu nome é Waldemar Ferreira!
    - O quê, gente boa, Waldemar, meu irmão?
    - Waldemar, Waldemar Ferreira!
    - Não faz isso comigo não, gente boa...
    - Waldemar...
    - Polícia, polícia, aí, segura o malandro aqui,
    gente boa, tá me "assartando"...
    - Ô, Piu piu..
    - Polícia!!!
    - Que é isso, Piu piu?
    - Polícia!!!
    - Dá um beijinho aqui, Piu piu...
    - Polícia, segura aqui o malandro...
    - Dá um beijinho, Piu piu...

    - O nome dela é Waldemar!
    - Vem casar comigo, Piu piu!
    - O nome dela é Waldemar!
    - Ô, Piu piu..
    - Que tristeza, o nome dela é Waldemar, gente boa,
    não pode ser!
    - Me dá um beijinho...
    - O nome dela é Waldemar! E eu me enganei, meu irmão
    - O nome dela é Waldemar! Que danada, aí...
    - E o nome dela é Waldemar! Que tristeza...
    - O nome dela é Waldemaaaaaaaaar!
    - E o nome dela é Waldemar!

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Piu Piu de Marapendi

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.