Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Pedro Bento e Zé da Estrada

    Boiada, triste boiada na estrada cheia de pó
    Boiada, o meu coração, também caminha tão só
    Levando junto a saudade velha esperança guardada
    Vai carregando a tristeza à passo lento na estrada.

    Saí de casa menino, deixei chorando meus pais
    Cresci no mundo sozinho e não voltei nunca mais
    A irmã deve estar casada, a mãe que nunca me esquece
    Meu pai de certo está velho, o irmão já nem me conhece.

    A lua beija meu rosto, sereno me faz um carinho
    O vento faz serenata, a onde durmo sozinho
    As estrelas são meus guardas, posso dormir sossegado
    E quando eles vão embora o sol vem juntar meu gado.

    Muitas vezes na despedida eu tenho que disfarçar
    Quando uma lágrima rola, caindo em meu olhar
    A poeira levantando no céu formando um letreiro
    Se espalha em letras de pó, lembrança de boiadeiro.

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Pedro Bento e Zé da Estrada

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.