Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Que foi embora, não se despediu, deixou no quarto saudade,
    Quebrou as grades, do meu peito dor que arde,
    Muitas coisas, só sabemos quando nos vivemos,
    Apreciar o gosto do amor, ou o gosto do veneno,

    O amor é invisível, sentimento é abstrato,
    Infelizmente para essas coisas, o meu coração é fraco,
    Eu sei que isso é treta de se confessar,
    Pois fraquezas são coisas, que não gostamos de falar,

    Quem é que nunca sonhou, com um amor sincero,
    Quem é que nunca sonhou em ter seu próprio castelo,
    Lute, persiste, não deixe de acreditar,
    Seu castelo não é de areia, ele não vai desmoronar,

    Se o amor é coisa seria, eu sei que pode matar,
    Mas nessa hora, meu Deus! Vem do meu lado estar.

    Olho pro lado, olho pro outro
    E na multidão me cinto sozinho.

    REFRÃO

    Fácil de falar, difícil de viver,
    Eterno enquanto dure, a quem te oferecer,
    Derrete o gelo e vêm te envolver
    Mas para tê-lo terá que merecer

    Fácil de falar, difícil de viver,
    Eterno enquanto dure, a quem te oferecer,
    Derrete o gelo e vêm te envolver
    Mas para tê-lo terá que merecer

    Sincero e transparente é quente, meu sentimento,
    Momento, meu pensamento, é tenso e extenso,
    Meu argumento embaraçado, bolado, uma estaca,
    Recordo em um domingo, o barulho da táça,

    Um brinde gosto de vinho, vitória eu tô na rua,
    Minha mente não entende, questiona e pergunta,
    Amar quem não conhece e aprender ser amado,
    Fui errado, ignorante, muitas vezes sou falho,

    Expresso a emoção, sentimento tenho coração,
    Silêncio mundo aflito, oração na escuridão,
    Um coração apertado, magoado ferido,
    O amor que quer a vida, o amor que é bandido,

    Espinhos e rosas, caminhos sem voltas,
    Amores e dores, glórias e derrotas,
    Amor que muda e molda coração renovado,
    Faz pensar na atitude, onde estou equivocado.

    REFRÃO

    Fácil de falar, difícil de viver,
    Eterno enquanto dure, a quem te oferecer,
    Derrete o gelo e vêm te envolver
    Mas para tê-lo terá que merecer

    Fácil de falar, difícil de viver,
    Eterno enquanto dure, a quem te oferecer,
    Derrete o gelo e vêm te envolver
    Mas para tê-lo terá que merecer

    Dizem que é cego e por ele eu me entrego,
    Aquele que por mim, colocou sua mão no prego,
    Agrego, valores sobre as dores que eu carrego,
    Segrego, temores em ardores que eu não nego,

    Sou homem imperfeito, sou cheio de defeito,
    Mesmo assim eu fui aceito, por Ele eu fui eleito,
    Nele me deleito me afaga, em Seu peito,
    Me guia pelo estreito, amor do melhor jeito.

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Parábola

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.