Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Solamente Tú
    Regálame tu risa
    Enséñame a soñar
    Con solo una caricia
    Me pierdo en este mar

    Regálame tu estrella
    La que ilumina esta noche
    Llena de paz y de armonía
    Y te entregaré mi vida

    Haces que mi cielo
    Vuelva a tener ese azul
    Pintas de colores
    Mis mañanas solo tú

    Navego entre las olas de tu voz
    Y tú, y tú, y tú, y solamente tú
    Haces que mi alma se despierte con tu luz
    Y tú, y tú, y tú

    Enseña tus heridas y así las curará
    Que sepa el mundo entero
    Que tu voz guarda un secreto
    No menciones tu nombre que en el firmamento
    Se mueren de celos
    Tus ojos son destellos
    Tu garganta es un misterio

    Haces que mi cielo
    Vuelva a tener ese azul
    Pintas de colores
    Mis mañanas solo tú

    Navego entre las olas de tu voz
    Y tú, y tú, y tú, y solamente tú
    Haces que mi alma se despierte con tu luz
    Y tú, y tú, y tú, y solamente tú
    Haces que mi alma se despierte con tu luz
    Y tú, y tú, y tú

    No menciones tu nombre que en el firmamento
    Se mueren de celos
    Tus ojos son destellos
    Tu garganta es un misterio

    Haces que mi cielo
    Vuelva a tener ese azul
    Pintas de colores
    Mis mañanas solo tú

    Navego entre las olas de tu voz
    Y tú, y tú, y tú, y solamente tú
    Haces que mi alma se despierte con tu luz
    Y tú, y tú, y tú
    Somente tu
    Presenteia-me com teu sorriso
    Ensina-me a sonhar
    Com só uma carícia
    Me perdo neste mar

    Presenteia-me con tua estrela
    A que ilumina esta noite
    Cheia de paz e de harmonia
    E te entregarei minha vida

    Fazes com que meu céu
    Volte a ter esse azul
    Pintas de várias cores
    Minhas manhãs, só tu

    Navego entre as ondas da tua voz
    E tu, e tu, e tu, e somente tu
    Fazes com que a minha alma se desperte com a tua luz
    E tu, e tu, e tu

    Expõe as tuas feridas, e assim as curará
    Que saiba o mundo inteiro
    Que a tua voz guarda um segredo
    Não menciones teu nome que no firmamento
    Eles morrem de ciúmes
    Seus olhos são brilhos
    Tua garganta é um mistério

    Fazes com que meu céu
    Volte a ter esse azul
    Pintas de várias cores
    Minhas manhãs, só tu

    Navego entre as ondas da tua voz
    E tu, e tu, e tu, e somente tu
    Fazes com que a minha alma se desperte com a tua luz
    E tu, e tu, e tu, e somente tu
    Fazes com que a minha alma se desperte com a tua luz
    E tu, e tu, e tu

    Não menciones teu nome que no firmamento
    Eles morrem de ciúmes
    Seus olhos são brilhos
    Tua garganta é um mistério

    Fazes com que meu céu
    Volte a ter esse azul
    Pintas de várias cores
    Minhas manhãs, só tu

    Navego entre as ondas da tua voz
    E tu, e tu, e tu, e somente tu
    Fazes com que a minha alma se desperte com a tua luz
    E tu, e tu, e tu



    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Pablo Alborán

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.