Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Sabem o porque, de todo o dia, eu tá pilchado?
    Seco ou molhado, o tempo é indiferente;
    Dentro do peito, vem a honra do meu pago
    Que à lo largo, é o caminho da minha gente

    Venho da cêpa mais crioula do Rio Grande
    Onde se expande, um motivo e uma doutrina;
    Berço da história, sempre em lombo de cavalo,
    Pra deixar claro, que aqui não se dobra esquina.

    (Me orgulho em ser gaúcho,
    E o meu céu é mais azul
    Pois eu nasci, nos pagos do sul
    Pois eu vivi, nos pagos do sul
    Porque nasci e vou morrer no sul
    Porque vivi e vou morrer no sul)

    Minhas madrugadas, têm o chiar da chaleira
    E é galponeira, minha arte e o meu legado
    Eu sou peão, das palavras do meu pai
    Meu evangelho no presente e no passado

    E este guascasso, do minuano na minha cara
    É coisa rara, de um chão que Deus abençoou
    Se tem porteira, lá no céu, ela abre aqui
    Pois pedigree, para mim, nunca faltou.

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Os Serranos

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.