Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádios
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Mais sobre
    Rádios Online
    As rádios que mais tocaram esses artistas nos últimos dias.
    Siga o Vagalume
    Twitter Google+ YouTube Tumblr
    Publicidade

    Especial Disco a Disco - Beyoncé/Destiny's Child

    O Vagalume preparou um especial com todos os trabalhos da cantora

    Há 1 ano da Redação

    Beyoncé letras
    Beyoncé Knowles é uma das maiores estrelas do pop mundial. Ao lado das Destiny's Child ou em carreira solo, ela já vendeu mais de 50 milhões de discos e e emplacou hits por todo o mundo.

    Nesse especial onde nós dissecamos todos os discos de material original lançados por ela, incluindo os feitos ao lado das Destiny's Child, apresentamos o caminho para quem quer se aprofundar na carreira da cantora.

    Ah sim, é bom lembar que os discos dela costumam sair com algumas faixas extras em certos mercados ou formatos. Essas músicas também estão listadas nos álbuns originais. A exceção é a versão deluxe de "'B Day", que é destacado por ter várias diferenças em relação à encarnação original do álbum.

    "Destiny's Child" - 17 de Fevereiro de 1998

    Até conseguirem emplacar o primeiro disco, Beyoncé e as Destiny's Child suaram bastante. Knowles tinha apenas 16 anos quando esse disco saiu, mas ela e as outras garotas estavam na batalha desde 1991, quando o grupo ainda se chamava Girl's Tyme.

    Apesar de não ter sido um grande estouro - o álbum não foi além do número 63 nas paradas americanas - o disco deixou boa impressão com seu R&B moderno e o talento natural das meninas.

    E pelo menos um single dele fez bonito. Foi "No, No, No, Part I", com participação de Wyclef Jean dos Fugees, que conseguiu chegar ao número 1.

    "With Me Part I", o segundo single do CD, não foi tão bem sucedido, mas ainda assim alcançou uma respeitável 19° posição.

    Confira a tracklist do disco:

    Destiny's Child letrasDestiny's Child
    1. "Second Nature"
    2. "No, No, No, Part I"
    3. "With Me Part I"
    4. "Tell Me"
    5. "Bridges"
    6. "No, No, No, Part I"
    7. "With Me Part II"
    8. "Show Me The Way"
    9. "Killing Time"
    10. "Illusion"
    11. "Birthday"
    12. "Sail On"
    13. "My Time Has Come"
    14. "Know That"
    15. "No, No, No (Camdino Soul Extended Remix)"
    16. "You're The Only One"
    17. "DubiLLusions"

    "The Writing's on the Wall" - 27 de Julho de 1999

    A estreia das meninas pode não ter vendido muito, mas mostrou que o grupo era viável e que se bem trabalhadas elas poderiam ir longe. Tudo isso se comprovou em "The Writing's On The Wall", que já estreou direto na sexta posição das paradas e contabilizou vendas de 22 milhões de cópias no mundo todo.

    Desse disco saíram vários dos maiores sucessos do grupo como "Bills, Bills, Bills", "Say My Name" e "Jumpin' Jumpin'".

    Além do sucesso comercial o trabalho também rendeu seis indicações ao Grammy e foi considerado um dos discos da década para a Billboard.

    Confira a tracklist do disco:

    Destiny's Child letrasThe Writings On The Wall
    1. "Intro (The Writing's On The Wall)"
    2. "So Good"
    3. "Bills, Bills, Bills"
    4. "Confessions"
    5. "Bug-A-Boo"
    6. "Temptation"
    7. "Now That She's Gone"
    8. "Where'd You Go?"
    9. "Hey Ladies"
    10. "If You Leave"
    11. "Jumpin' Jumpin'"
    12. "Say My Name"
    13. "She Can't Love You"
    14. "Stay"
    15. "Sweet Sixteen"
    16. "Outro (Amazing Grace...Dedicated To Andretta Tillman)"
    17. "Get On The Bus"
    18. "Can't Help Myself"

    "Survivor" - 1 de Maio de 2001

    Aqui o grupo já estavam em um outro patamar, e o sucesso delas já rivalizava com alguns dos maiores grupos de garotas da história como as Supremes e o TLC. "Survivor" já estreou direto no primeiro posto da parada e emplacou vários singles como "Independent Women Part 1" (que já tinha aparecido um ano antes na trilha sonora do filme "As Panteras"), "Emotion", "Nasty Girl" e a faixa título.

    Mas nem tudo foram flores, já que o disco nasceu no meio de muitas brigas e disputas judiciais causadas pelas ex-integrantes LeToya Luckett e LaTavia Roberson, que deixaram o grupo em 2000 após desentendimentos de ordem financeira. De qualquer forma, estava claro que aos olhos do público o foco do grupo era mesmo Beyoncé, sem querer menosprezar as outras integrantes claro, já que tanto Michelle Williams quanto Kelly Rowland foram bem sucedidas fora do grupo. Mas é óbvio que nenhuma virou uma estrela da estatura de Beyoncé, que logo lançaria seu primeiro disco solo.

    Confira a tracklist do disco:

    1. "Independent Women Part II"
    Destiny's Child letras
    2. "Survivor"
    3. "Bootylicious"
    4. "Nasty Girl"
    5. "Fancy"
    6. "Apple Pie A La Mode"
    7. "Sexy Daddy"
    8. "Perfect Man"
    9. "Independent Woman"
    10. "Happy Face"
    11. "Dance With Me"
    12. "My Heart Still Beats"
    13. "Emotion"
    14. "Brown Eyes"
    15. "Dangerously In Love"
    16. "The Story Of Beauty"
    17. "Gospel Medley"
    18. "Outro - Dc-3 - Thank You"

    "Destiny Fulfilled" - 15 de Novembro de 2004

    O último lançamento das Destiny's Child, saiu depois da explosão do primeiro disco de Beyoncé (mais sobre ele daqui a pouco).

    Depois de "Survivor", o grupo todo decidiu dar um tempo para se dedicar a projetos individuais. Como já dissemos, todas foram felizes nessas incursões, mas o sucesso de Beyoncé foi bem mais expressivo, fazendo com que ela se tornasse bastante popular mesmo entre públicos que não costumam consumir R&B.

    Segundo consta, foi ela quem disse que naquele momento o destino delas estava completo (o que explicaria o título do álbum). Ainda assim, elas acharam que valia fazer um último trabalho juntas e assim foi.

    Quando o disco saiu, todos levaram um susto com a estreia na 50ª posição das paradas. Susto maior viria logo na semana seguinte quando as vendas aumentaram em 700% e o mesmo álbum estava na segunda colocação. Apesar das críticas no geral negativas, o canto de cisne das Destiny's Child vendeu respeitosas 3 milhões de cópias e emplacou singles no top 10 como "Lose My Breath", um hit top 3.

    A gravadora em 2005 lançou uma coletânea de sucessos "#1's". A faixa inédita "Stand Up For Love" saiu em single, o último delas, e sequer entrou nas paradas. Estava claro que o grupo não tinha muito mais razão de existir. Mas como nada é para sempre, Beyoncé declarou que gostaria de voltar a gravar com o grupo. Se o papo é sério ou só conversa da boca pra fora só o tempo dirá.

    Além destes discos, os fãs também podem ir atrás de um disco de natal ("8 Days of Christmas" de 2001) e de "This Is the Remix" de 2002, que como o nome diz traz remixes de alguns dos maiores hits do trio.

    Confira a tracklist do disco:

    DivulgaçãoDestiny's Child letras
    1. "Lose My Breath"
    2. "Soldier (Featuring T.I. & Lil Wayne)"
    3. "Cater 2 U"
    4. "T-Shirt"
    5. "Is She The Reason?"
    6. "Girl"
    7. "Bad Habit"
    8. "If"
    9. "Free"
    10. "Through With Love"
    11. "Love"
    12. "Game Over"
    13. "Got's My Own"
    14. "Why You Actin'"

    "Dangerously In Love" - 22 de Junho de 2003

    Na verdade, já tinha um tempinho que Beyoncé dava seus pulinhos fora do grupo, fosse fazendo participações em singles de outros artistas ou gravando faixas para trilhas sonoras. Ela também já se arriscava como atriz em filmes como "Carmen: A Hip-Hopera", feito para a MTV e na terceira parte de Austin Powers, a sátira de James Bond criada por Mike Myers.

    Esses primeiros passos rumo à carreira solo se mostraram bem sucedidos, ainda assim nem o mais otimista dos executivos devia esperar o sucesso de "Dangerously In Love".

    O disco estreou direto no primeiro lugar e em breve deve superar as 5 milhões de cópias vendidas, um número impressionante, ainda mais nos dias de hoje.

    "Dangerously" mostra que a cantora já tinha o comando de sua carreira, fato comprovado pela sua participação ativa na produção e composição de boa parte das faixas do CD.

    Mais do que qualquer coisa, esse é o álbum que tem "Crazy In Love (feat. Jay Z)", escolhida quase que unanimemente pela crítica mundial como uma das cinco grandes músicas da década. Construída sobre um riff pegajoso de uma velha canção dos Chi-Lites, ela é daquelas que sempre irão nos remeter aos primeiros anos do século XXI. Tão importante quanto a música foi o seu vídeo, que efetivamente apresentou aquela mulher inacreditavelmente sensual para o planeta.

    O sucesso gigantesco de "Crazy..." ofuscou um pouco o resto do disco, mas ele conta com mais faixas de peso como "Naughty Girl" e "Baby Boy (feat. Sean Paul)".

    Confira a tracklist do disco:

    1. "Crazy In Love (feat. Jay Z)"
    Beyoncé letrasDangerously In Love

    2. "Naughty Girl"
    3. "Baby Boy (feat. Sean Paul)"
    4. "Hip Hop Star"
    5. "Be With You"
    6. "Me Myself And I"
    7. "Yes"
    8. "Signs"
    9. "Speechless"
    10. "That's How You Like It"
    11. "The Closer I Get To You"
    12. "Dangerously In Love 2"
    13. "Beyoncé Interlude"
    14. "Gift From Virgo"
    15. "Work It Out"
    16. "'03 Bonnie & Clyde"
    17. "Daddy"
    18. "What's It Gonna Be"

    "B' Day" - 05 de Setembro de 2006

    O primeiro disco lançado após o efetivo, e inevitável, fim das Destiny's Child, sofreu um pouco, principalmente se o compararmos ao disco anterior.

    Aqui a cantora resolveu trazer uma nova proposta para as gravações, trocando as muitas horas de trabalho meticuloso gastos na preparação das faixas, por um método mais espontâneo e rápido de gravação. Basta dizer que em três semanas ele ficou pronto. Liricamente, a maior influência foi a participação dela no filme "Dreamgirls", a versão do musical baseado na vida das Supremes. Esse foi feito para que ela brilhasse, mas no fim a sua performance foi ofuscada pela presença arrebatadora de Jennifer Hudson, que levou um Oscar pela atuação e praticamente roubou o filme para si.

    Voltando a "B' Day", ele saiu um dia depois do aniversário de 25 anos de Beyonce e emplacou diversos singles dele nas paradas como "Déjà Vu (Feat. Jay Z)", "Beautiful Liar (feat. Shakira)" e "Irreplaceable". Mas quem esperava um outro sucesso do tamanho de "Crazy In Love (feat. Jay Z)" teria de esperar um pouco mais.

    Confira a tracklist do disco:

    1. "Déjà Vu (Feat. Jay Z)"
    Beyoncé letrasB'day

    2. "Get Me Bodied"
    3. "Suga Mama"
    4. "Upgrade U"
    5. "Ring The Alarm"
    6. "Kitty Kat"
    7. "Freakum Dress"
    8. "Green Light"
    9. "Irreplaceable"
    10. "Resentment"
    11. "Check On It"
    12. "Listen"
    13. "Get Me Bodied Remix (extended Version)"
    14. "Creole"

    "B' Day (Deluxe)" - 03 de Abril de 2007

    Um ano após o lançamento de "B' Day", a gravadora lançou essa versão turbinada do CD que trazia o disco todo reconfigurado, com as faixas reordenadas e outras canções e versões em espanhol acrescentadas.

    O maior destaque dessa versão é "Beautiful Liar (feat. Shakira)", um dueto com a colombiana Shakira que entrou para a história das paradas ao pular 91 posições em uma só semana, indo da 94ª para a terceira posição da Billboard.

    Confira a tracklist do disco:

    1. "Beautiful Liar (feat. Shakira)"
    Beyoncé letrasB'day [Deluxe Edition]

    2. "Irreplaceable"
    3. "Green Light"
    4. "Kitty Kat"
    5. "Welcome To Hollywood"
    6. "Upgrade U"
    7. "Flaws And All"
    8. "World Wide Woman"
    9. "Get Me Bodied"
    10. "If"
    11. "Freakum Dress"
    12. "Suga Mama"
    13. "Déjà Vu (Feat. Jay Z)"
    14. "Ring The Alarm"
    15. "Resentment"
    16. "Listen"
    17. "Amor Gitano"
    18. "Listen (Oye)"
    19. "Irreemplazable"
    20. "Bello Embustero"
    21. "Beautiful Liar (spanglish)"

    "I Am... Sasha Fierce" - 08 de Novembro de 2008

    O mais recente disco de inéditas da cantora confirma que sua posição entre os grandes nomes do pop contemporâneo segue inabalável.

    Outro disco "arrasa quarteirão", esse também segue emplacando hit atrás de hit ("If I Were A Boy", "Single Ladies (Put a Ring on It)", "Ego", a balada "Halo" e outros mais).

    Assim como aconteceu com o álbum anterior, "Sasha Fierce" (o disco leva o nome do alter-ego da cantora) também já foi lançado em um sem número de edições (além da versão simplificada, já saíram os formatos Deluxe, Platinum e até a reedição da Deluxe), cada uma delas trazendo um novo mimo para o fã. A versão mais nova, e espera-se final, traz "Video Phone (Feat. Lady GaGa)", o esperado encontro entre Knowles e GaGa, duas das maiores divas do momento.

    Além desses discos recentemente saiu "I Am... Yours: An Intimate Performance at Wynn Las Vegas", um combo DVD/CD que traz como o nome diz, uma apresentação da nova turnê da cantora em versão "íntima".

    Confira a tracklist do disco:

    1. "If I Were A Boy"
    Beyoncé letrasI Am...Sasha Fierce

    2. "Halo"
    3. "Disappear"
    4. "Broken-hearted Girl"
    5. "Ave Maria"
    6. "Satellites"
    7. "Single Ladies (Put a Ring on It)"
    8. "Radio"
    9. "Diva"
    10. "Ego"
    11. "Sweet Dreams"
    12. "Video Phone"
    13. "Ego (remix) Feat. Kanye West"
    14. "Honesty"
    15. "Save The Hero"
    16. "Hello"
    17. "Smash Into You"
    18. "Scared Of Lonely"
    19. "That's Why You're Beautiful"
    20. "Video Phone (Feat. Lady GaGa)"
    21. "Why Don't You Love Me?"
    22. "Poison"
    Comente