Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Mais sobre
    Siga o Vagalume
    Twitter Google+ YouTube Tumblr
    Publicidade

    Ouça algumas canções que chegaram ao número 1 na semana do natal

    Conheça as histórias por trás das músicas que chegaram no topo da parada britânica

    Há 2 anos da Redação

    Band Aid letrasOs músicos que participaram do Band Aid em 1984





















    DivulgaçãoThe Beatles letrasThe Beatles
    Na Inglaterra não existe posto mais cobiçado nas paradas que o número 1 da semana do natal. Desde 1952 que o público acompanha e torce para que seu artista favorito chegue lá. Nesses quase sessenta anos muita gente, boa, ruim e incosequente, já esteve por lá e fizeram história. Hoje, já entrando no clima de natal o Vagalume relembra cinco notórios "números 1 de natal" da parada inglesa, divirta-se e fique na torcida, porque logo saberemos quem se deu bem em 2011.



    The Beatles - Day Tripper
    O recorde de maiores "números 1 de natal" pertence aos Beatles. O quarteto chegou lá por quatro vezes sendo três delas consecutivamente entre 63 e 65 com I Want To Hold Your Hand, I Feel Fine, o single com dois lados A Day Tripper (que está no vídeo em destaque) e We Can Work It Out. Em 1966 o galês Tom Jones quebreou a hegemonia Beatle com Green, Green Grass Of Home mas em 1967 lá estavam eles de novo com Hello, Goodbye. Curiosamente um dos maiores clássicos natalinos, Happy Xmas (War Is Over) de John Lennon nunca chegou lá. Já Paul McCartney chegou no topo em 1977 com Mull Of Kintyre.



    Slade - Merry Christmas Everybody
    Ainda que não muito popular por aqui, na Inglaterra é impossível andar pelas ruas na época do natal sem ouvir Merry Christmas Everybody do Slade. A grande sacada do quarteto foi a de ter provado que era possível fazer uma canção "inspiradora", mas sem abrir mão do bom humor. Assim enquanto o refrão lembrava que o futuro estava apenas começando, os versos carregam no sarcasmo com todas as situações típicas de uma ceia natalina sendo descritas com rara sagacidade. A canção foi o número um de 1973 e sempre retorna às paradas nessa época do ano.




    Band Aid - Do They Know It's Christmas?
    A onda de singles beneficentes juntando grandes estrelas do pop começa aqui. Em 1984 Bob Geldof ficou chocado ao ver na tv as imagens dos famintos na Etiópia. Querendo ajudar mas sabendo que sozinho não tinha muito o que fazer ele chamou os maiores astros do pop inglês da época e os convenceu a gravar Do They Know It's Christmas?. A "banda" foi batizada de Band Aid e o single deu origem a uma série de mobilizações semelhantes ao redor do planeta. A canção foi regravada em mais duas ocasiões, em 1989 e em 2004 e elas também atingiram o topo da parada britânica na semana do natal.



    Queen - Bohemian Rhapsody
    Bohemian Rhapsody do Queen foi a única canção a chegar por duas vezes no primeiro posto da parada de natal em sua versão original. O épico composto por Freddie Mercury chegou ao topo primeiro em 1975 no ano em que foi lançada e por lá ficou por notáveis nove semanas. Em 1991, os ingleses homenagearam o recém falecido Mercury colocando-a novamente na primeira colocação das paradas no natal e pelas quatro semanas seguintes num gesto que muito emocionou os membros sobreviventes da banda.



    Rage Against the Machine - Killing In The Name
    A pesadíssima Killing In The Name do Rage Against the Machine conquistou o improvável número 1 natalino de 2009, dezesseis anos após ser lançada. Tudo graças a uma campanha iniciada no Facebook que pedia para que as pessoas comprassem o download desta música para evitar que novamente o topo fosse ocupado por alguma cover feita pelo vencedor do programa televisivo "X-Factor", como já acontecia há quatro anos. Agora em 2011 a campanha está de volta e o objetivo é emplacar Smells Like Teen Spirit do Nirvana no primeiro lugar. Será que eles conseguirão?
    Comente