Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Mais sobre
    Siga o Vagalume
    Twitter Google+ YouTube Tumblr
    Publicidade

    Curta vídeos dos Foo Fighters dividindo o palco com Paul Mccartney, Rush e membros do Led Zepellin

    Saiba porquê Dave Grohl é o cara mais bem relacionado do rock

    Há 2 anos da Redação

    Foo Fighters letras

























    Provavelmente não existe ninguém no mundo pop mais bem relacionado do que Dave Grohl, o líder dos Foo Fighters. Além de ser conhecido como "o cara mais gente fina do rock" Grohl parece ser um verdadeiro imã de celebridades do primeira timr. Várias delas gostam tanto dele e de sua banda que não raro são chamadas para divir o palco com ele ou vice-versa. Aqui você confere cinco desses grandes encontros e poderá ver os Foo Fighters ou Dave Grohl no palco com Paul McCartney, Bruce Springsteen, Elvis Costello, Alice Cooper e membros do Rush e Led Zepellin





    A última grande lenda do rock a dividir o palco com os Foo Fighters foi o veterano Alice Cooper no último dia 2 de julho na Inglaterra. O show também teve as participações do baterista do Queen Roger Taylor e de Bob Mould o ex-líder do Husker Dü que nos anos 80 já misturava guitarras pesadas com melodias pop. Grohl diz que se não fosse por Cooper o guitarrista Pat Smear jamais teria comprado uma guitarra. O cantor então sobe ao palco e canta a sua canção mais emblemática - School's Out faixa título de seu álbum de 1972 e até hoje o maior hino já composto sobre o último dia de aula. Alice Cooper pelo visto está curtindo fazer essas participações. 3 dias depois ele voltou a cantar a mesma música, dessa vez em Oslo na Noruega no show de Ke$ha.




    Em 2008 o Foo Fighters fez os maiores shows de sua carreira ao lotarem por duas noites o gigantesco estádio de Wembley em Londres. Visivelmente emocionado o grupo fez ali uma de suas performances mais inesquecíveis. Mas o melhor ficou para o final quando Jimmy Page e John Paul Jones do Led Zepellin subiram para tocar alguns clássicos da banda. Em Rock n Roll Grohl pôde realizar o sonho de todo baterista e ser John Bonhan (o falecido baterista do Led) por um dia, enquanto Taylor Hawkings encarnou o vocalista Robert Plant.
    A parceria deu tão certo que Jones e Grohl voltariam a tocar juntos no supergrupo Them Crooked Vultures ao lado de Josh Homme do Queens of the Stone Age.




    Esse vídeo não está lá com grande qualidade, mas vale muito a pena. Em 2008 a banda estava tocando em Toronto terra natal de uma das bandas mais amadas (e na mesma proporção odiadas) do rock, o Rush. No meio da apresentação Taylor Hawkings resolve fazer um enorme solo de bateria. Após passar alguns minutos espancando o instrumento ele dá as batidinhas no prato da introdução da instrumental Yyz. O público reconhece e aplaude, mas não acredita quando Geddy Lee e Alex Lifeson do Rush surgem de surpresa. Se no vídeo anterior Grohl pôde ser John Bonhan. Aqui Taylor teve a chance de ser Neil Peart e, levando-se em conta o tamanho da encrenca, vale dizer que ele até que não se saiu mal.




    Se ainda restava algum dúvida de que Dave Grohl é o cara mais bem relacionado do rock esse vídeo acaba com elas. Afinal ser chamado por Sir Paul McCartney para dividir seu palco definitivamente não é para qualquer um.
    Dave já disse ter o telefone de McCartney em seu Blackberry e que o ex-Beatle é uma das pessoas mais simpáticas e dóceis que ele já teve o prazer de conhecer.
    Dave falou em uma entrevista sobre o dia em que falou com Macca sobre seu novo projeto Them Crooked Vultures e que ele se convidou para fazer parte. Coube a ele dizer que a banda já tinha um baixista e este era John Paul Jones.
    Nesse encontro em 2008 Dave toca guitarra em Band On The Run e em Back In The U.S.S.R. assume as baquetas.




    Para encerrar o vídeo mais tocante dessa sequência. O encontro de Grohl com Bruce Springsteen (mais seu guitarrista Steve Van Zandt) e Elvis Costello ocorreu em 2003 na cerimônia do Grammy daquele ano. Todos eles se juntaram para prestar tributo ao grande Joe Strummer do Clash que morrera no ano anterior.
    O quarteto entoou uma versão vigorosa de London Calling o maior hino da banda punk inglesa.
    Anos depois os Foo Fighters também protagonizaram outra parceria bastante inusitada na cerimõnia do Grammy ao tocarem Times Like These acompanhados do pianista e mestre do jazz fusion Chick Corea em outro vídeo que os fãs deveriam correr para ver.
    Comente