Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Mais sobre
    Siga o Vagalume
    Twitter Google+ YouTube Tumblr
    Publicidade

    5 Discos: Shows internacionais da semana

    Conheça cinco discos fundamentais lançados por artistas que tocam essa semana no Brasil

    Há 4 anos da Redação

    As últimas semanas estão fazendo a festa para quem gosta de ver shows internacionais. As apresentações de artistas de várias épocas e tendências se atropelam e é preciso disposição e bolso para acompanhar tudo, ainda mais se você não mora na cidade de São Paulo que praticamente está monopolizando os eventos (ainda que Rio, porto Alegre e Belo Horizonte também tenham recebido vários nomes). Os próximos dias serão bastante animados com Pavement, Hot Chip, Twisted Sister, Tokio Hotel, Cobra Starship e outros se apresentando em nossos palcos. No especial de hoje selecionamos cinco discos clássicos lançados por artistas que tocam no Brasil nos próximos dias.

    Smashing Pumpkins letrasSiamese Dream
    Siamese Dream - Smashing Pumpkins - 1993 - A banda de Billy Corgan já chamou a atenção em seu disco de estreia "Gish". Com a explosão do Nirvana e a corrida das gravadoras grandes por bandas "alternativas" os Smashing Pumpkins foram dos primeiros a assinarem contrato com uma grande gravadora. "Siamese Dream" foi o disco que estourou a banda na MTV e rádios com hits como Today e Disarm. A grande diferença da banda para as outars da época era a grande ambição (alguns diriam pretensão) de Billy Corgan, um cara que não tinha problema em criar canções épicas, beirando o progressivo ao lado das coisas mais pop ou pesadas. Esse seu lado desembocaria no megaplatinado "Mellon Collie and the Infinite Sadness". Hoje dos Pumpkins originais só sobrou Corgan, mas isso não deve fazer diferença para os inúmeros fãs brasileiros da banda.

    O Smashing Pumpkins se apresenta dia 20 no Playcenter em São Paulo ao lado de outras bandas.

    Paul McCartney letrasBand On The Run
    Band on the Run - Paul McCartney - 1973 - Esse dispensa apresentações, afinal falar o que mais de uma das figuras mais importantes da história da música? Nos shows que acotnecem nesse sábado e domingo Macca vai tocar muitas músicas dos Beatles e de outras fases de sua carreira. Mas sabem qual disco é o mais privilegiado nos shows? Exatamente esse aqui, tido como a obra-prima de sua carreira solo. Quem for ao Morumbi ouvirá cinco, ou talvez seis, faixas de "Band on the Run". O disco foi gravado em um momento tumultuado com membros da banda abandonando o barco e gravações pra lá de complicadas na Nigéria. O disco acabou de ser relançado em uma edição especial com várias faixas bônus e tratamento gráfico de primeira. Se você quer entrar no clima do show e não quer mergulhar novamente nos discos dos Beatles, essa é a melhor opção.

    Paul McCartney toca nos dias 21 e 22 no Estádio do Morumbi com ingressos esgotados

    Jeff Beck letrasTruth
    Truth - Jeff Beck - 1968 - Você toca guitarra ou ao menos admirador do som dela? Então tente assitir esse show. Beck foi um dos maiores exploradores do instrumento em toda história do rock. Ele despontou como membro dos Yardbirds (substituindo simplesmente Eric Clapton) e deixou sua marca em uma série de gravações inesquecíveis, onde explorava novos timbres, efeitos e maneiras de tocar. Ao deixar a banda ele montou o Jeff Beck Group que tinha em sua formação muitas estrelas futuras (Rod Stewart e Ron Wood, hoje guitarrista dos Rolling Stones aqui como baixista). Truth também tem particiação de Jimmy Page e John Paul Jones que logo formariam o Led Zepellin. Nos anos 70 Beck enveredou pelo jazz fusion também com ótimos resultados. O guitarrista acabou de lançar mais um álbum e fez uma celebrada tour ao lado de Eric Clapton no começo do ano.

    Jeff Beck toca dia 24 no Rio de Janeiro no Viva Rio e 25 em São Paulo no Via Funchal

    The Buzzcocks letrasSingles Going Steady
    Singles Going Steady - 1979 - Buzzcocks - A primeira leva do punk inglês ficou marcada pela rebeldia dos Sex Pistols e a politização do The Clash. Aos Buzzcocks coube a função de mostrar que os punks também amavam, tinham problemas de ordem pessoal e sabiam fazer música pop de primeira. O grupo de Pete Shelley e Steve Diggle em sua primeira encarnação ficou na ativa por apenas três anos. tempo o suficiente para marcarem o rock com dois grandes discos (Another Music ina Different Kitchen e Love Bites). "Singles Going Steady" saiu a princípio só nos EUA (e milagrosamente no Brasil) e juntava os lados A e B dos compactos lançados até então. Desde 1989 o grupo voltou a gravar e excurisonar com frequência. Pela quarta vez no Brasil, o grupo fará show único em São Paulo tocando apenas músicas dos discos clássicos. Imperdível para punks e simpatizantes de qualquer idade.

    Os Buzzcocks tocam no dia 25 no Clash Club em São Paulo com abertura dos Adolescents.

    Yes letrasFragile
    Fragile Yes 1971 - Baluartes do rock progressivo, o Yes fez a trilha para os fãs de rock viajandão, especialmente na primeira metade dos anos 70, antes de serem engolidos pela chegada do punk e por sua própria pretensão. Se você é daqueles que nutrem um certo bode com o prog. vale a pena dar uma chance para discos como "Close to the Edge", "The Yes Album" e esse aqui que tem a clássica Roundabout.
    O problema é que esse Yes que chega ao Brasil tem uma formação trôpega, sem o vocalista Jon Anderson e o tecladista Rick Wakeman que são substituídos bizarramente por Benoit David, que antes cantava o repertório da banda em uma banda tributo e pelo filho de Wakeman, Oliver. Ainda assim a chance de se ver o mago da guitarra Steve Howe em ação não deve ser desprezada.

    O Yes faz show único no dia 28 no HSBC Hall em São Paulo
    Comente