Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Instrumento:
    Intro: Dm C F Bb Gm A Dm
    
    Dm                                        C
    Doente de amor procurei remédio na vida noturna.
                   Bb                              A
    Como a flor da noite em uma boate aqui na zona sul.
              Gm                               Dm
    A dor do amor é com outro amor que a gente cura.
                A7                             Dm     D7
    Vim curar a dor deste mal de amor na boate azul.
               Gm                                     Dm
    E quando a noite vai se agonizando no clarão da aurora.
           A                                Dm      D7
    Os integrantes da vida noturna se foram dormir.
                Gm                                   Dm
    E a dama da noite que estava comigo também foi embora.
                   Gm                A7            D
    Fecharam-se as portas sozinho de novo tive que sair.
                A                   G              D
    Sair de que jeito, se nem sei o rumo para onde vou.
                                    A             G
    D
    Muito vagamente me lembro que estou. Em uma boate aqui na zona
    sul
              A             G                  D
    Eu bebi demais e não consigo me lembrar se quer.
                            A               G     A        D
    Qual é o nome daquela mulher, a flor da noite da boate azul.
    (Dm C F Bb Gm A Dm D7)
               Gm                                     Dm
    E quando a noite vai se agonizando no clarão da aurora.
           A                                Dm      D7
    Os integrantes da vida noturna se foram dormir.
                Gm                                   Dm
    E a dama da noite que estava comigo também foi embora.
                   Gm                A7            D
    Fecharam-se as portas sozinho de novo tive que sair.
                A                   G              D
    Sair de que jeito, se nem sei o rumo para onde vou.
                                    A             G
    D
    Muito vagamente me lembro que estou. Em uma boate aqui na zona
    sul
              A             G                  D
    Eu bebi demais e não consigo me lembrar se quer.
                            A               G     A        D
    Qual é o nome daquela mulher, a flor da noite da boate azul.


    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Milionário e José Rico

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.