Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    na face estampada a angustia e horror,
    com poucas esperanças,isso é um filme de terror.
    com poucas esperanças mas com muito orgulho,
    fazendo a diferença pra mudar esse bagulho,
    passando a borracha no passado sombril.
    querendo mudar o sistema do brasil.
    contando no relogio a cada dia que se passa.
    todo mundo tem a abonancia e a desgraça.
    consciencia, respeito,valor moral,
    pouca esperança, faz do mano desleal.
    o paviu ta curto e vai direto pro barril,
    a ponta pego fogo,ninguem para o monstro brasil.
    bala na agulha,é sempre da fagulha que se pega o fogo,
    não existe regra nesse jogo.
    Sem parar,sem valicar,
    procurar ficar em pé,não fraquejar,
    não se serpreenda,o jogo é ingrato,
    exalto o mano forte,e acaba com o fraco,
    vida de dificuldades,no osso,
    encarando uma desigualdade,fundo de poço,
    manchando a bandera do brasil,com lagrimas e sangue,
    fazendo as ruas se tornarem em arena,de bang bang.

    a independecia ainda não chegou,
    a baixa frequencia da paz,acabou,
    aqui ja não da mais,sem esperança,
    sem paz.
    esquecido como um filme antigo,
    guardado em uma gaveta de ferro,como um artigo.
    eu pensei que a esperança tinha morrido,
    mas ela ressucitou,me ajudo no meu odio,
    no meu rancor,
    sente a dor,sente o peso da batida,
    essa porra ti levo,pra rua sem saida,
    a esperança desse mano acabou,
    ele ja não é nada,sem deus sem amor,
    ma definção,do que é a vida,
    ma de definição,de que deus é saida,
    um esporte vilento,chamado vida nas ruas,
    onde se perdem vidas,a minha talvez a sua,
    mas se sobrar as esperança de um sobreviente,
    ainda estarei aqui pra mudar a sua mente,
    com poucas esperanças,mas com muito orgulho,
    fazenda a diferença pra mudar esse bagulho.
    com pucas esperanças,mas com muita fé,
    olhando para o ceu,pedindo a deus pra me manter em pé,
    e se deus quisé,eu não paro nunca mais,
    com poucas esperanças,mas desisitir jamais.
    em momento de esteria,gritar chorar,
    guarde suas palavras,guarde as suas lagrimas e volte a caminhar,
    apunhalado a traição,do fruto da maldade,
    provando o gosto da dor,deslealdade,
    se quiser lutar,va em frente,
    mas se quiser parar esteje consiente,
    com 1001 probelmas,a serem resolvidos,
    com 1000 inimigos,a serem abatidos,
    nosso sangue tem a cor das ruas,
    nossas mentes tem o tagg norte das ruas,
    mãe,hore por mim,no salmo 91,
    deus me de uma chance,pra eu não vira atum,
    numa latão de ferro,frio e gelado,
    um mano paralelo,frio e calculado.
    ALEMÃO,eu fui intitulado,
    de frente ao batalhão,de inimigo armado.
    Sendo procurado pela mente radical,
    regime cerebral,cataclismo espacial.

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de M´c S.t.c.

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.