Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Informações do Álbum Brasileirinho
    Ouvir álbum completo Brasileirinho Ano de lançamento: 2003
    1. Salve As Folhas - Poema De Mário De Andrade
    2. Yáyá Massemba
    3. Capitão Do Mato
    4. Cabocla Jurema - Poema De Mário De Andrade
    5. Santo Antonio
    6. Padroeiro Do Brasil
    7. São João Xangô Menino - Ponto De Xangô
    8. Cigarro De Paia - Boiadeiro
    9. Sussuarana
    10. Senhor Da Floresta - Manuelzão E Miguilim
    11. Purificar O Subaé - Cantiga Para Janaína
    12. Melodia Sentimental

    x
    Ver discografia completa »
    Play
    PLAY

    Yá Yá Massemba

    Que noite mais funda calunga
    No porão de um navio negreiro
    Que viagem mais longa candonga
    Ouvindo o batuque das ondas
    Compasso de um coração de pássaro
    No fundo do cativeiro
    É o semba do mundo calunga
    Batendo samba em meu peito
    Kawo Kabiecile Kawo
    Okê arô oke
    Quem me pariu foi o ventre de um navio
    Quem me ouviu foi o vento no vazio
    Do ventre escuro de um porão
    Vou baixar o seu terreiro
    Epa raio, machado, trovão
    Epa justiça de guerreiro
    Ê semba ê
    Samba á
    o Batuque das ondas
    Nas noites mais longas
    Me ensinou a cantar
    Ê semba ê
    Samba á
    Dor é o lugar mais fundo
    É o umbigo do mundo
    É o fundo do mar
    Ê semba ê
    Samba á
    No balanço das ondas
    Okê aro
    Me ensinou a bater seu tambor
    Ê semba ê
    Samba á
    No escuro porão eu vi o clarão
    Do giro do mundo

    Que noite mais funda calunga
    No porão de um navio negreiro
    Que viagem mais longa candonga
    Ouvindo o batuque das ondas
    Compasso de um coração de pássaro
    No fundo do cativeiro
    É o semba do mundo calunga
    Batendo samba em meu peito
    Kawo Kabiecile Kawo
    Okê arô oke
    Quem me pariu foi o ventre de um navio
    Quem me ouviu foi o vento no vazio
    Do ventre escuro de um porão
    Vou baixar o seu terreiro
    Epa raio, machado, trovão
    Epa justiça de guerreiro
    Ê semba ê ê samba á
    é o céu que cobriu nas noites de frio
    minha solidão
    Ê semba ê ê samba á
    é oceano sem, fim sem amor, sem irmão
    ê kaô quero ser seu tambor

    Ê semba ê ê samba á
    eu faço a lua brilhar o esplendor e clarão
    luar de luanda em meu coração

    umbigo da cor
    abrigo da dor
    a primeira umbigada massemba yáyá
    massemba é o samba que dá

    Vou aprender a ler
    Pra ensinar os meu camaradas!

    Vou aprender a ler
    Pra ensinar os meu camaradas!

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Maria Bethânia

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.