Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Sempre procurei o que me fazia bem
    Destruindo as barreiras e sempre indo alem
    porém, nem tudo na vida são flores
    De inimigos e tristezas somos colecionadores

    Fazendo o meu som, botando a cara a tapa
    Um super herói, sem superpoderes nem capa
    Talvez um poeta, ou sou apenas um falador
    Me digam vocês, já que estou cego por amor

    Pela música, os versos, a rima mais louca
    Onde eu que mando, não gostei dessa faço outra
    Aquela sensação de missão cumprida
    Tipo quando se completa, mesmo perdendo a corrida

    Maratona, demora, cansa, mas vale a pena
    Mixtape, criatividade, paciencia, e aquele lema
    Faça o bom ou o mal, faça o que te faz feliz
    Construa seu imperio, depois encontre uma imperatriz

    Me diz, o quanto realmente você se importa
    Se muito, mando o papo reto, sem essa de ideia torta
    Sou guiado pelo o que sei, e isso eu conheço
    É como se cada dia fosse um novo começo

    Incoveniente, é questão de opinião
    Como se só os outros fossem donos da razão
    ninguém é dono da sua vida, muito menos da verdade
    Ninguém conhece seu segredo, nem sua veracidade

    (R2X) Não sei o que quero, mas quero o que sei
    Três anos rimando, muita coisa eu passei
    Aprendi muito com o tempo, e presta atenção
    É trabalho em conjunto, mente, braço e coração

    Fui descobrindo, aqui não é o meu lugar
    Eu fui tentando, eu queria mudar
    Mas hoje não, cada um tem sua funçao
    Mas sem imposição, quando mandaram eu disse não, não, não

    Sou dono de mim, das minhas atitudes
    Um dia após o outro, vivo minha juventude
    Não vem se intrometer, cuida sua vida
    É como se cada verso fosse uma despedida

    Sempre quis muito mais do que eu tinha
    Se eu botava na cabeça, tinha que ser minha
    Cheio de sonhos, de planos e ilusões
    Tentando ser melhor, encontrando decepções

    Mas nunca desistir, não podia deixar sucumbir
    Já que entrei de cabeça, era pra competir
    Vencer talvez, a derrota faz parte
    O importante mesmo é mostrar a minha arte

    O que eu quero é muito pouco, mas muito difícil
    Mas isso é óbvio, já sabia desde o inicio
    Vivendo e aprendendo, pra alcançar o que eu quero
    Com muita paciência, quem sabe um dia um impero

    (R2X) Não sei o que quero, mas quero o que sei
    Três anos rimando, muita coisa eu passei
    Aprendi muito com o tempo, e presta atenção
    É trabalho em conjunto, mente, braço e coração

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de MarcStyle

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.