Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Quem traz da cina de endantes
    Rebanhos de despedidas
    já tem a alma curtida
    Com a marca da Solidão

    Mas dois olhos de Estrelas
    Entraram na minha vida
    Como uma bala perdida
    Se vai pra dentro do chão
    No peito rude de um Peão!

    Mas quem tem força no braço
    Por certo tera no peito
    Eu preciso dar um jeito de Domar meu coração
    Quem leva a vida nos tentos
    No bate cascos da estrada
    Não vai se prender por nada
    No laço de uma paixão
    Tem que saber dizer não!

    Mas quando me olho este olhar de apelo
    Me arrepia o pelo, minha alma esfria
    E toda coragem que guardei cm zelo
    Se transforma em covardia

    Se outros de cobiçam minha pele arde
    então axo tarde pra partir um dia
    Se outro te tocasse, Deus me livre e guarde
    Das loucuras que eu faria!

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Luiz Marenco

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.