Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    As Tu Déjà Aimé?
    As-tu déjà aimé
    pour la beauté du geste?
    As-tu déjà croqué
    la pomme à pleine dent?
    Pour la saveur du fruit
    sa douceur et son zeste
    T'es tu perdu souvent?

    Oui, j'ai déjà aimé
    pour la beauté du geste
    mais la pomme était dure.
    Je m'y suis cassé les dents.
    Ces passions immatures,
    ces amours indigestes
    m'ont écoeuré souvent

    Les amours qui durent
    font des amants exsangues,
    et leurs baisers trop mûrs
    nous pourrissent la langue

    Les amour passagères
    ont des futiles fièvres,
    et leur baiser trop verts
    nous écorchent les lèvres

    Car a vouloir s'aimer
    pour la beauté du geste,
    le ver dans la pomme
    nous glisse entre les dents.
    Il nous ronge le coeur,
    le cerveau et le reste,
    nous vide lentement

    Mais lorsqu'on ose s'aimer
    pour la beauté du geste,
    ce ver dans la pomme
    qui glisse entre les dents,
    nous embaume le coeur,
    le cerveau et nous laisse
    son parfum au dedans

    Les amours passagères
    font de futils efforts
    Leurs caresses ephémères
    nous faitguent le corps

    Les amours qui durent
    font les amants moins beaux
    Leurs caresses, à l'usure,
    ont raison de nos peaux.
    As Tu Déjà Aimé? (tradução)
    Você já Amou?
    Pela beleza do gesto.
    Você já mordeu?
    A maçã com todos os dentes?
    Pelo Sabor do fruto
    A sua doçura e o seu gosto.
    Já se perdeu algumas vezes?
    Sim, eu já amei

    Pela beleza do gesto.
    Mas a maçã era dura,
    e quebrei os dentes
    Essas Paixões imaturas,
    esses amores indigestos
    Deixaram-me mal disposto
    algumas vezes

    Mas os amores que duram
    Tornam os amantes exaustos
    E o beijo deles demasiado maduro,
    apodrece-nos a língua

    Os amores passageiros,
    têm febres fúteis
    E o beijo demasiado verde
    Esfola-nos os lábios
    Porque ao querer amar
    Pela beleza do gesto,
    o verme da maçã
    Escorrega-nos entre os dentes
    Ele roe-nos o coração,
    o cérebro e o resto
    Esvazia-nos lentamente

    Mas quando ousamos amar
    Pela beleza do gesto,
    esse verme na maçã
    Toca-nos o coração,
    o cérebro e deixa-nos
    O seu perfume lá dentro

    Os amores passageiros,
    fazem esforços inúteis
    As suas carícias efêmeras,
    cansa-nos o corpo

    Os amores que duram
    Tornam os amantes menos belos
    As suas carícias usadas
    Dão cabo de nós

    by. Nato



    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Les Chansons D'amour (filme)
    Escute Também

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.