Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Eu fui no cavalo preto de acordo com a noite escura
    Um pingo solto de pata que era uma formosura
    Se acaso eu e meu mano fizesse alguma loucura
    Que botasse a vida em jogo os pingos soltavam fogo
    Do rompão das ferraduras

    Meu irmão dançou com a loira e eu dancei com a morena
    Sai no ouvido dela chorando que dava pena
    Meu irmão também com a outra repetia a mesma cena
    Nos os quatro agarradinho parecia dois barquinhos
    Quando as águas são serenas

    E eu disse pra minha mãe a senhora tem visita
    De hoje em diante mamãe estas duas senhoritas
    Lhe obedecem como sogra a terezinha e a rita
    Desculpe a nossa bobagem f que homem feio e sem coragem
    Não possui mulher bonita

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de João de Almeida Neto

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.