Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Eu sou um peão da estância nascido lá no galpão
    E aprendi desde criança a honrar a tradição
    Meu pai era um gaúcho que nunca conheceu luxo
    Mas viveu folgado enfim. E quando alguém perguntava
    Do que ele mais gostava, o velho dizia assim:


    REFRÃO:
    Churrasco, bom chimarrão. Fandango, trago e mulher
    É disso que o velho gosta, é isso que o velho quer.

    E foi assim que aprendi a gostar do que é bom
    A tocar minha acordeona, cantar sem sair do tom.
    Ser amigo dos amigos, nunca fugir do perigo
    Meu velho pai me ensinou, eu que vivo a cantar
    Sempre aprendi a gostar do que o meu velho pai gostou


    REFRÃO

    Saí da minha fazenda e me soltei pelo pago
    E hoje eu tenho uma prenda pra me fazer um afago
    E quando vier um piazinho para enfeitar nosso ninho
    Mais alegria eu vou ter
    E se ele me perguntar do que se deve gostar
    Como meu pai vou dizer

    REFRÃO

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Gaúcho da Fronteira

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.