Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    O carro de boi lá vai gemendo lá no estradão
    Suas grandes rodas fazendo profundas marcas no chão
    Vai levantando poeira, poeira vermelha, poeira
    Poeira do meu sertão

    Olha seu moço a boiada, em busca do ribeirão
    Vai mugindo, vai ruminando, cabeças em confusão
    Vai levantando poeira, poeira vermelha, poeira
    Poeira do meu sertão
    Olha só o boiadeiro montado em seu alazão
    Conduzindo toda a boiada com seu berrante na mão
    Seu rosto é só poeira, poeira vermelha, poeira

    Poeira do meu sertão

    Barulho de trovoada coriscos em profusão
    A chuva caindo em cascata na terra fofa do chão
    Virando em lama poeira poeira vermelha,poeira
    Poeira do meu sertão

    Poeira entra em meus olhos, não fico zangado não
    Pois sei que quando eu morrer meu corpo vai para o chão
    Se transformar em poeira, poeira vermelha, poeira

    Poeira do meu sertão, poeira do meu sertão, poeira Poeira do meu sertão

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Padre Fábio de Melo

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.