Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Entrevista

    13/08/2007

    Marcelo Nunes
    Papas da Língua letras
    Papas da Língua

    "A internet chegou pra ficar, é uma ferramenta muito legal se for bem usada e com bons propósitos.", Leo Henkin.

    Vaga-lume - 13 de Agosto 2007

    O Papas da Língua está contrariando algumas das regras do pop. A que diz que uma banda dificilmente consegue estourar depois de muitos anos de carreira. Os gaúchos conseguiram finalmente atingir o grande público depois de quase 15 anos de estrada. Durante esse tempo eles viveram bons e maus momentos: tiveram disco lançado por uma grande gravadora que acabou não acontecendo, mesmo com músicas na trilha de programas de televisão, e bateram muito a cabeça.

    Mas também conseguiram se firmar como uma banda de forte apelo com o público do sul do país (é sempre bom lembrar que o Rio Grande do Sul tem uma cena pop/rock muito forte, um pouco como o axé baiano, capaz de criar seus próprios ídolos e fazer com que muitos artistas sobrevivam, e bem, apenas no circuito local).

    Tudo levava a crer que o Papas da Língua seguiria esse caminho. Isso até que Eu Sei - uma música relativamente antiga que havia sido regravada no álbum acústico recém-lançado - entrou na trilha da novela Páginas da Vida(rede Globo).

    Assim, comprovando a máxima que diz que "o sucesso da noite pro dia pode levar anos", a banda finalmente conseguiu atingir as rádios e o grande público. Eu Sei é uma música tão forte que está abrindo caminhos até em outros países para o grupo (eles acabaram de voltar de uma pequena turnê por Portugal, onde há tempos as nossas novelas são estouro de audiência).

    Nessa entrevista com o guitarrista Leo Henkin ele nos conta sobre esses anos de carreira, fala como foi abrir os shows do Coldplay e adianta o que vem por aí.

    Vocês acabaram de voltar de uma turnê em Portugal. Como foram esses shows por lá? O público conhecia a banda e as músicas? Esses foram os primeiros shows de vocês na Europa?


    Marcelo Nunes
    Papas da Língua letras
    Léo Henkin e Serginho Moah

    Acabamos de voltar de Lisboa, onde fizemos um show maravilhoso em um festival chamado Delta Tejo. Havia lá cerca de quinze mil pessoas. O público português nos conhece cada vez mais; além da música Eu Sei( que foi alavancada pela novela "Páginas da Vida") as pessoas cantam algumas outras tipo Blusinha Branca, Viajar e Lua Cheia; isto acontece pois o nosso cd Acústico Papas da Língua já é quase disco de ouro em Portugal, e o nosso DVD Acústico Papas da Língua está entre os mais vendidos; além disso , a canção Eu Sei foi a canção mais baixada nos celulares portugueses durante os meses de maio e junho, e agora, em agosto, ainda está nas primeiras posições. Em março deste ano estivemos em Lisboa participando de vários programas da TV portuguesa, programas de grande audiência, muito importantes. Em maio fizemos um show para cinquenta mil pessoas na cidade do Porto, no norte do país. Foi um grande momento prá nós, emocionante, as pessoas cantando em coro Eu Sei e tudo mais.

    Dá prá dizer que estamos aos poucos formando um público lá em Portugal. Isto é o que importa, na verdade. Aos poucos, consolidar a carreira, formar um público, mostrar todo o nosso trabalho, mostrar que a gente tem uma carreira com cinco discos, treze anos de carreira,etc. O Papas da Língua começou a fazer shows na Europa em 1996, na França; em 1998 voltamos para o mesmo festival; em 2000 fomos convidados a participar de um festival na Áustria, em Viena; em 2005 fomos a Portugal pela primeira vez, fizemos show em Lisboa; no mesmo ano estivemos novamente na França em cidades como Toulon e Gap. Em 2006 voltamos a Sanary, no sul da França. E agora em 2007, fomos três vezes a Portugal, porque o bicho tá pegando prá nós por lá.



    Já é o caso de dizer que ter uma música em trilha de novela impulsiona a carreira de um artista não só aqui como no exterior?


    Com certeza. Na verdade isso não é uma regra, mas pode acontecer, como aconteceu com o Papas. A música Eu Sei nos abriu um caminho muito bom em Portugal já que a novela estava passando lá.



    Você consegue explicar o porquê de "Eu Sei" fazer tanto sucesso. Afinal todo ano várias músicas tocam em novela, mas isso por si só não garante sucesso né?


    Marcelo Nunes
    Papas da Língua letras
    Zé Natálio e Fernando Pezão

    É verdade. Em primeiro lugar, ter uma música em uma novela não é garantia de que essa música vai fazer um super sucesso. Ela tem que estar bem colocada na trama da novela, ou seja, tem que ter uma química entre a música e o personagen. Mas também tem que ser uma música que agrade ao público, que conquiste corações e almas... Aí sim, ela acontece. Eu Sei é uma canção simples, fala direto ao coração, fala de de amor, de saudade. Além disso, teve uma química muito forte com os personagens Jorge e Simone.



    Ao mesmo tempo essa é uma música gravada originalmente em 2000. Ela chegou a fazer sucesso local na época? E como é estourar uma canção seis anos depois dela ter sido lançada originalmente?


    É verdade, essa música está no nosso terceiro disco, que se chama Babybum, que foi lançado em 2000; na época, ela quase não entrou no disco, pois tivemos um desentendimento com o produtor; mas a nossa certeza prevaleceu e acabamos gravando e e ela entrou no cd. Fez um grande sucesso na região sul do Brasil e acabou entrando no repertório do nosso show. Em 2005 lançamos o cd/dvd atual, o Acústico Ao vivo Papas da Língua. Neste cd/dvd regravamos várias músicas da nossa carreira, entre elas está Eu Sei, que acabou sendo a escolhida do diretor Jayme Monjardim para entrar na trilha sonora da novela "Páginas da Vida". Ou seja, fez sucesso novamente, só que agora para um público muito maior.



    Vocês há tempos já tinham um público forte no sul do país. Havia ainda a vontade de chegar com força no resto do país ou vocês já estavam desencanados e de repente os planos tiveram que ser refeitos?


    Eurico Salis
    Papas da Língua letras
    Papas da Língua

    Sempre soubemos que se leva tempo prá conquistar coisas importantes na vida. Quem é artista deve ter isto em mente. nosso objetivo, desde o início era conquistar o maior número de pessoas, na nossa cidade, no Brasil e, quem sabe, no mundo. Por que não? Todo mundo sonha com isso. O fato de termos feito sucesso numa determinada região do país, nos fez acreditar que era possível fazer sucesso em qualquer lugar do país. Isso nos deu uma força incrível, para atravessar as fronteiras desse nosso país, que é enorme. Levou um tempo, mas estamos conseguindo. Claro que houve ansiedade em vários momentos, momentos de pessimismo, etc. Mas, repito, o que foi definitivo prá gente persistir, foi o fato de já termos conquistado muitas coisas. E é claro, a certeza de querer fazer música, de querer ser artista.A certeza de querer ter uma carreira e fazer parte da história da música feita no Brasil.



    Ano que vem vocês completam 15 anos de banda. Levou muito tempo para vocês conseguirem se manter só com o Papas? Em algum momento vocês pensaram em parar?


    Os primeiros anos foram os mais difíceis em relação a poder se manter só com o Papas da Língua. Isto é normal, pois a banda não consegue fazer muitos shows, não é muito conhecida, tem que ralar muito e sem grana. Houve vários momentos difíceis, mas o mais difícil sem dúvida foi depois que lançamos o primeiro cd (que se chama Papas da Língua). Ele foi lançado em 1995, pela Sony e na verdade não foi foi bem sucedido. Nós ficamos com aquela impressão de que foi um fracasso, pois havia uma expectativa muito grande, afinal estávamos dentro de uma grande gravadora, etc. Foi terrível, mas na verdade a vida nos colocou diante de um grande desafio que era justamente continuar a fazer música apesar de tudo. E foi isso que decidimos, continuar.



    No começo do ano vocês abriram os shows do Coldplay. Como foi a experiência de dividir o palco com uma das maiores bandas do mundo no momento? Vocês chegaram a conversar com eles?


    Eurico Salis
    Papas da Língua letras
    Papas da Língua

    Foi maravilhoso porque somos todos fãs dessa banda que é um marco no pop internacional. Ao mesmo tempo foi um desafio, pois o não sabíamos qual seria a reação do público. No final, deu tudo certo, boa parte do público nos conhecia bem e era fã também do Papas da Língua; outra parte que não nos conhecia e não era fã, nos respeitou muito, parou para ouvir o nosso som. No último dia, a produção do Coldplay marcou um encontro deles com a gente.Ficamos um tempo trocando idéias e fomos muito bem recebidos por eles, que agradeceram por termos aceito o convite de abrir os três shows da turnê no Brasil. Cris e seus amigos autografaram um violão nosso. Muito bacana, muito inglês, muito "polite".



    Que bandas e artistas fazem e fizeram a cabeça de vocês?


    Muitos fazem e fizeram a nossa cabeça. The Beatles, Bob Marley, Keane, Nada Surf, Chico Buarque, Burt Bacharach, Muse, Los Hermanos, Gilberto Gil, Mute Math, Tom Jobim, e muitos outros.



    E a relação de vocês com a internet? Vocês usam a rede para divulgar a banda, manter contato com fãs ou conhecer novos artistas?


    Sim, pra tudo isso. A internet chegou pra ficar, é uma ferramenta muito legal se for bem usada e com bons propósitos. É aquela sensação de que você pode saber, ter informações muito rapidamente. Saber que você pode trocar informações e idéias muito rapidamente. E, pra nós artistas, divulgar nossa música, trocar uma idéia com o nosso público, e tudo mais.



    Vocês sempre fazem alguma regravação nos seus discos. Como vocês decidem que covers irão gravar? Para o próximo disco vocês já sabem quem irão homenagear?


    Marcelo Nunes
    Papas da Língua letras
    Papas da Língua

    A gente tem essa história de regravar algumas canções. Tem músicas que a gente adora, de hoje ou muito antigas, de artistas diversos. Na verdade não temos um critério, mas gostamos sempre de fazer uma regravação com a nossa cara, com a cara do Papas da Língua; fazer uma versão bem diferente da original. É assim que a gente faz, alguém de nós chega com a idéia de regravar uma música, o outro chega com outra música e assim vai. começamos a experimentar como ficaria com um arranjo nosso, etc. Ainda não sabemos se vamos ter uma regravação de outro artista no nosso próximo cd, mas a vontade é muito grande, são muitas músicas possíveis, músicas maravilhosas.



    Por falar em novo disco queríamos saber quando vocês lançam um cd novo. As músicas já estão escritas?


    Provavelmente no primeiro semestre de 2008. Temos trinta canções escritas, em fase experimental, de amadurecimento. Mas estamos compondo cada vez mais para poder escolher algumas boas pra fazer o próximo cd.






    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.