Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Amanheceu de novo eu tô vivendo
    Meus inimigos estão em choque tô vendo
    Algo me diz que aqui não é seguro pra mim
    Mais eu não vo fugi foda-se e dai?
    Se o Senhor é o piloto que me guia
    Não vai deixar eu morrer na covardia
    Misericórdia aqui não tem
    Recarrego o pente enquanto Cristo não vem
    Prepare a mente engatilhe o coração, adrenalina em
    alta tenção
    Tem que ser pra resistir a dura prova
    Sangue frio na hora de esplodir a rocha
    Meu coração remorço já não sente
    Meus inimigos minaram tudo a minha frente

    *

    Minha missão agora é contra atacar
    E atirar pra ver o sangue derramar
    Pra transformar seu sonho em pesadelo
    Vem filho da puta que eu tô ligeiro
    Confio no meu taco e é tudo cumigo
    Pode vim com bolinho que eu não me entimido
    No dia "D"
    Nem na hora "H"
    Nasci pra morrer
    Mais antes vou matar

    *

    Mediu a minha febre verme
    Vai sentir
    A temperatura em alto grau de destroir
    Como apocalipse não sobra nada
    Tudo escuresce na sequencia da matraca
    já faiz um tempo que esses tipo tá assim
    Acelerado, querendo o meu fim
    E até em sonho tem uma voz que me fala:
    *Ele entra na maldade cavando a sua vala*
    Ai moleque passa um pano aqui na vila
    Toma cem reais
    Ve se não vascila
    E não esquece do número do celular
    Pra me ligar se caso Golf preto cola
    Meu sangue ferve junto a radiação
    Meu dedo coça
    Loco pra solta o cão
    Quem vai cai no meio do fogo cruzado
    Quem vai erda o inferno como itinerario
    Vo me arma que a maldade tá no ar
    Mata porque não?
    Minha mãe não vai chora
    Fulano é sangue ruim
    Eu so pior
    Pra ele é só dim dom sem por do sol

    *
    CONVERSA

    Esse fulano é safado
    Informante forte
    Corre com a policia
    Arma pra da bote
    O grupo dele tá a premio
    No primorario
    Era a galeria da cadeia de Itaqua
    Safado coisa irrustido
    Pilantra maior
    Trofeu pro partido
    Vascilo demoro
    Pago pra subi
    Tafazendo hora extra esse tipo ai
    tô tipo assim
    Onze da manhã
    O sol rachando coco no Vietnã
    Quem fuma fuma
    Quem cheira cheira
    A noite se aproxima
    Hoje é sexta feira
    Tenho do branco do preto
    Só produto fino
    Se você preferir vai até adormecido
    A clientela é sem miséria
    Aqui é tudo nosso
    Somagem numérica com estilo próprio ponteiro de ouro
    desce violentamente
    O estoque tá na mão
    Gerente tá no pente
    Lâmpada para os pés
    Essa é a minha palavra
    Deus que me perdoe mais eu vo fura até a alma

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Detentos do Rap

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.