Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Informações do Álbum Amor...Só De Mãe O Resto É Puro Ódio
    1. Introdução
    2. O Troco
    3. Rima Com Rima
    4. Amor...Sé De Mãe
    5. Mais Uma Dona Maria
    6. É Isso
    7. De 1 DJ Para O Mundo
    8. Revendo Seus Conceitos
    9. Pare O Mundo
    10. O Que Restou
    11. Ser Feliz
    12. Salve

    x
    Ver discografia completa »
    Play
    PLAY

    Amor...Só De Mãe
    Detentos do Rap

    Vai vendo quando estou no veneno preciso de uma idéia não vejo ninguém
    familiares parceiros só pensam no que convem,
    não cai e ai ladrão sei muito bem quem foi por mim
    só Deus sabe o que eu passei meu amor é de mãe só
    penso assim
    são vários os patifes que apertam minha mão me chamam de irmão
    mas viram as costas quando a necessidade bate no meu portão
    eu sempre corri pelo certo
    não sou Deus pra ser todo correto
    não abaixo a cabeça pro meu desafeto
    se é vem pensamento concreto
    lamento se a inveja foi mais forte que a sensatez
    Detentos agora e pra sempre a bola da vez
    eu sim vi, corri e fiz por onde o barato virar
    dificuldades eu passei mas eu resisti as artilharias
    que por sinal cuzão foi fracas demais
    eu acreditei eu acredito que a moral não se ganha se faz
    corri atrás pois não vou dá asa pro inimigo
    viveu, mas não viverás pra ficar no nosso ritmo
    quem é sabe o que eu fala não quer ser pois já é de fato
    não faz o barato de embalo
    não vive e nem corre atrás de status
    parceiro só Deus nele a única confiança
    e nela é o único amor é a fonte desde criança
    não temo pois em algum lugar sei que Deus esta olhando por mim
    e você que dançou no mundão que nada fez por ti
    vinte ano ai dentro guardado
    castelo só champanhe guarda pra você vagabundo.
    O amor é só de mãe...
    - Alô!
    - Alô, filho? É a mãe, onde que se ta?
    - Oh mãe, to fazendo um corre com os parceiros que foi preso no assalto ali.
    - Assalto? E você como é que se ta?
    - To bem mãe. Depois de fazer um corre com a mãe do parceiro ali entendeu. É o seguinte, caiu no esquecimento, mais ai, ta preso, mas não ta morto não...ta preso, mas não ta morto não, entendeu.
    - Ta bom filho, Deus te acompanhe.
    Dominou seu o resto da grana a policia deu o bote
    seus parceiros da cena temem por você entrar em choque
    três anos se passou e a loira tingida trabalha no 12
    que valor que isso tem agora já matou pela vaca e nos dias de hoje
    seus filhos estão jogados de aviãozinho na amargura
    que que você quer pra ele
    a mesma tabela ou a mesma loucura
    truta agora percebe as pessoas que você deu valor
    enquanto aquela que merece implorava pelo seu amor
    do que adiantou as noitadas com as vagabundas que só queriam dinheiro
    e quantos mil reais na cena mas é só ela que esta sofrendo
    bandido reflita na idéia raciocina porque o caminho é constante
    sem liberdade sem aliado mas com amor que é de mãe.
    - Na vida do crime eu me entreguei e pra sobreviver eu tive que matar e lagrimas de mãe fiz rolar.
    - Saiba filho que eu te perdoei e pra te ver feliz eu tive que chorar só não quero lamentar quero te ver voltar.
    È foda saber que já maguo que mais te amava por mais que respeitado no crime vagabundo agora se sente um nada parceiro o mundo da volta e é sempre ela que vai te ajudar por mais que a gente fale de irmão é só nela que dá pra confiar compartilha tristeza e alegria pois ninguém é tão fiel assim e eu sei o que ela pedi pra ela porque jamais vai querer pra ti entende agora vagabundo porque o amor é só de mãe viva por ela de valor naquela frase Deus te acompanha ai dentro quem manda seu jogo esta sempre presente em dia de visita quem desmaiou e quase morreu de enfarte com a noticia desamparada chicote estralando dentro da prisão e a tropa de choque batia e só ela o coração na mão sabendo que quem não senta pra aprender jamais ficara de pé pra ensinar e que o crime ele é o que é mas ele jamais vai admitir as falhas ela pede a Deus que sempre te ilumine que te acompanhe o exemplo é pra você vagabundo e o amor é só de mãe.
    - Eu me lamentei quanto até matei vendo lagrimas de mãe que fiz rolar, mas só eu sei tudo o que eu passei quando pra vida do crime tive que voltar.

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Detentos do Rap

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.