Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádios
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Eu quero gatinhas, raspadinhas, safadinhas, sem calcinhas,
    Sem silicone, sem sutiã de alcinhas
    E que esqueça a dor de cabeça quando tivermos só nos dois no quarto
    Não esquece que é só hoje. Eu não vô ficar até o parto,
    Parto antes o quanto antes,
    Fico farto antes de terminar ao ver as fotos do Ex na estante(foda-se!!!)
    Eu não quero compromisso, nem foto.
    Faz igual a Suzane: rouba da mãe o prêmio da loto e me dá uma moto/
    Eu não noto diferença entre vocês quando mudo de estado,
    O sotaque muda e as vezes o crânio fica mais quadrado.
    "Quero todas!!!" Já disse isso anteriormente? (já!!)
    Mas é que tô tão na seca que parece permanente.
    Se cê faz escova, tá maneiro
    Contanto que não chova e não coma anchova pra ficar com o cheiro.
    Quando chegar em casa tarde e sua mãe perguntar: "onde cê tava???"
    Com o telefone na mão porque ia ligar pros Pm,
    Os mesmos que interromperam a foda no capô do carro,
    Porque ouviram o quão alto cê geme.

    É cruel
    Ouvir a verdade sobre o que a gente pensa.
    Não vale um réu
    E vocês devem achar que não compensa.
    Ninguém quer véu
    Sogro, sogra e padre dando bença.
    Quero é motel,
    Porque sexo é vício e vício é doença.

    Eu quero ninfetas pra me chamar de "Tio De Leve!!!"
    Quer ir lá pra casa chupar pirulito enquanto o tio escreve???
    Cê deve tá pensando: "Isso é pedofilia!"
    Que nada, no fã-clube elas avisam quando se filia.
    Pode vir de loira, gostosa, maconheira, a ex-viciada, fuma aí...
    Foda-se se der onda errada.
    Já que cê gosta, eu providenciei Bohemia e Velho Barreiro
    É seu esse chinelo 45 aqui no chuveiro?
    Porra, tá foda...
    É séc. Xxi, bissexualidade vai ser a coisa mais normal daqui a algum tempo
    Tô fora, mas trouxe a amiga, to dentro!
    Tempera com azeite que eu como como coentro.
    Porque não? um trois até que vai bem.
    Não saio de casa sem meu viagra de reconhecido no Blen Blen
    Não posso dar mole, tenho que dar duro,
    então, vai, gatinha, rebole, senão não vai dar futuro.
    Tem mulé que acha que é esperta,
    diz que tá cansada e só quer ficar de perna aberta.
    Assim não dá...

    É cruel
    Ouvir a verdade sobre o que a gente pensa.
    Não vale um réu
    E vocês devem achar que não compensa.
    Ninguém quer véu
    Sogro, sogra e padre dando bença.
    Quero é motel,
    Porque sexo é vício e vício é doença.

    Eu quero gatinhas, raspadinhas, safadinhas, sem calcinhas,
    sem silicone, sem sutiã de alcinhas
    E que não cobre entrada do cinema,
    Porque sabe que eu sou pobre e não tenho um puto
    E vou ficar puto,
    Se sair de casa de luto...

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »


    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de De Leve

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.