Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    A brisa que vem do mar já não pode me alcançar
    Só peço ao pai que me devolva o bem estar
    Pois tenho fé em cristo que a luz me guiará
    E assim quem sabe ao desfrutar desse luar
    A lua que me fascina, hoje ela pode me mostrar
    Que o ódio mata só o amor que pode nos salvar
    Mantendo minha fé eu sei que um dia eu chego lá
    E a brisa que vem do mar, e a brisa que vem do mar

    [maomé]
    Imaginava liberdade, aclamava por harmonia
    Voz do povo retumbante implorava, pedia, queria, dizia
    Chega de hipocrisia, mentira, mania de viver e fazer de sua vida fantasia
    Achar que tudo já conhece, achar que tudo sabe,
    Achar que é o dono do céu, da terra e também dos sete mares
    Seu tempo é valioso mas por dentro nada vale
    Carniceiro, ignorante, autoridade, falsidade

    [rany money]
    Bata palma, por quanto vocês vão vender sua alma
    Nossa fauna não é salva da jaula causando um trauma
    Suas aula não são eficaz, cês fazem guerra atrás de paz
    Nos viciam no temor do antraz e em ataques bilaterais
    Multidões um dia entenderão minhas previsões
    Ofuscaram a luz do fim do túnel e cegaram suas visões
    Ilusões, igual mágica alteram suas noções
    Quero novas opções que dêem fim as corrupções

    A brisa que vem do mar já não pode me alcançar
    Só peço ao pai que me devolva o bem estar
    Pois tenho fé em cristo que a luz me guiará
    E assim quem sabe ao disfrutar desse luar
    A lua que me fascina, hoje ela pode me mostrar
    Que o ódio mata só o amor que pode nos salvar
    Mantendo minha fé eu sei que um dia eu chego lá
    E a brisa que vem do mar.

    [sheep]
    A brisa do mar que me inspirou, parei pra fazer um som
    Toda minha vida se passa na aleda num momento de reflexão, divi...
    Vida banida por causa de confusão
    Mas to nessa justamente pela paz e a união
    Pras pessoas que falam mal da minha letra ou do improviso
    Foda-se escrevo o que vivo não digo o que lí no livro
    Tá indeciso? é lula e eu arranco os seus tentáculos
    É a mãe vida que me ensina a passar por cima dos obstáculos

    [maomé]
    Pensamento detido, algo do seu convívio,
    Excesso de simpatia não cola, gera o início de um conflito,
    Depois só se encontra a resposta subjulgado no infinitivo
    Presente pretérito quase mais que perfeito se apresentam no diminutivo,
    Fez permanecer arrogância, prevalecendo a lei do inimigo do porco bandido
    do falso rabino sistema abusivo
    Que imposta taxas, valores em cifras, que gera miséria, gerando mendigo

    A brisa que vem do mar já não pode me alcançar
    Só peço ao pai que me devolva o bem estar
    Pois tenho fé em cristo que a luz me guiará
    E assim quem sabe ao disfrutar desse luar
    A lua que me fascina, hoje ela pode me mostrar
    Que o ódio mata só o amor que pode nos salvar
    Mantendo minha fé eu sei que um dia eu chego lá
    E a brisa que vem do mar, a brisa que vem do mar

    [rany money]
    Se liga maluco na fita o bagulho tá doido se tu não acredita
    O meu caminho ninguém dita na vida se é rap é ginga
    Igual aos ninja na humilde só vamo atrás do que é certo
    E o que peço nao é dinheiro e sim felicidade e os amigo por perto
    Eu so sincero quando eu verso, me elevo a otro plano astral
    Amigo é no espiritual, ritual no litoral
    Tu sente a brisa esquece as briga, mentira me tira a calma
    Loucuras insancedecidas e o mundo vira uma sauna

    [batoré]
    Seu pensamento nada construtivo cultural no livro
    Brisa que vem do mar só me deixa vivo
    De falsos me esquivos de tatin com birro tudo tão tranquilo
    Como se queimasse um kilo no sigilo
    Bombas transparentes pilo com problemas que aniquilo
    Junto com os amigos até o fim, continuo assim
    Rany money, papatin, sheep, maomé, nissin,
    O que tu traz pra mim?
    "de niteroi, brisa com cheirin de green"

    [nissin]
    Tc, cv, psdb, pt
    Esse é o crime organizado no estilo pinochet
    Enquanto freud cheirava, enquanto bob fumava
    Enquanto a igreja matava, enquanto einstein inventava
    Eu só admirava a brisa do mar
    Dando boa noite pra lua poder se mostrar
    Nem sempre ágil, o titanic
    Como uma bic quebrou de modo frágil
    Naufrágio...

    E a brisa que vem do mar, e a brisa que vem do mar.
    A lua que me fascina, hoje ela pode me mostrar
    Que o ódio mata...

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de ConeCrewDiretoria

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.