Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Aquele brilho no olhar quando te vejo dançar
    Já até vejo o jeito de ''cê'' rebolar na cama
    Enquanto vem os escama querendo te impressionar com
    grana
    Deixa eu queimar minhas gramas
    Vejo você rebolar na trama, tão linda e sensual
    Olhos fechados viajando no instrumental, que visual
    ''Cê'' tem moral, gosta de rima
    Potencial de sobra pra ser minha mina
    Azucrina, alucina
    Se der moral passa por cima, mina
    Então vem ca, da dois aqui no haxi
    Chega mais perto pra testar o encaixe
    Tirar um sarro assim de praxe
    Se abaixe, levanta
    Assim minha pistola canta
    olha pra tras e faz cara de santa, safada
    Vai ser atropelada, pelada
    É sacanagem pela madrugada
    Daquele jeito, pegada de jeito
    Tudo perfeito, uma escultura de impor respeito
    Não vejo um defeito
    Loucura, sobe a temperatura com o som nas alturas
    Minhas mãos na sua cintura, você mexe o quadril
    Fico sentado te olhando, ai começa o esmeril
    Só escoltando, esquentando
    Assuvio um fiu fiu
    Tensão compenetrada
    Mestre na sua requebrada
    Querendo da uma quebrada
    Quero seu gosto
    E ''cê'' quer uma chupada
    Olho no olho

    Ela sorriu, ela sorriu
    Aí o bagulho evoluiu, evoluiu pra sacanagem
    Fiz esse som em sua homenagem
    ''Sá'' mina é sacanagem
    Ela sorriu, ela sorriu
    Aí o bagulho evoluiu, evoluiu
    Fiz esse som em sua homenagem
    ''Sá'' mina é sacanagem

    Ô, perfume que ficou no ar, fez imaginar o gosto dela
    Pressentiu, quando viu, bem mais perto eu to
    Permitiu, já sorriu, se entregou
    Nem sei se sou a caça ou o caçador
    Mas sei que vou jogar, o jogo começou
    Velha escola, jogador
    Comentou com a amiga, traçou o perfil
    Se ligou, nego ouviu e disfarçou
    Passei e ela seguiu, ela sentiu
    Parei no bar e ela sentiu, ela sentiu a maldade no olhar
    Vou te levar nessa viagem, te fazer suar e borrar a maquiagem
    Tatear cada parte do seu corpo, eu vou tirar seu ar, te arrepiar
    Você não vai lembrar quantas vezes chegou
    Quantas vezes gritou, tremeu, gemeu, mordeu, quase rasgou o cobertor
    Sexo selvagem – ''Cê'' não tinha cara mas surpreendeu, muita sacanagem
    Gosta na cara, geme em inglês, sotaque europeu
    Uma dama na rua, piranha na kama-sutra, sabe
    Ama, surta e se abre igual flor
    A melhor flor, de mel sabor
    Eu vou rimar em sua homenagem
    Você nua parece miragem, dourada pelagem
    Vem se mistura tipo camuflagem
    Da pintura, a mais bela tela
    A figura que estrela o longa metragem

    Ela sorriu, ela sorriu
    Aí o bagulho evoluiu, evoluiu pra sacanagem
    Fiz esse som em sua homenagem
    ''Sá'' mina é sacanagem
    Ela sorriu, ela sorriu
    Aí o bagulho evoluiu, evoluiu pra sacanagem
    Fiz esse som em sua homenagem
    ''Sá'' mina é sacanagem

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Cartel Mcs

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.