Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Tavam dizendo por ai que eu só sei falar de night e de mulé,
    Continua ouvindo que eu vo provar que não.
    Você que mora no mundinho Zona Sul do Rio,
    Acha que a vida é só festa?
    O Brasil é muito maior do que isso!
    A desigualdade é muito forte no pais!
    Tá certo que a merda tá feita e não fui eu que fiz
    Mas se a gente não fizer nada, nada vai mudar.

    Posso ser playboy mais de burro não tenho nada,
    Eu vou te explicar como funciona a parada
    Moro no brasil o pais da injustiça
    Onde os políticos roubam e mandam a grana pra Suíça
    Desviam a verba de estradas e hospitais
    Sabendo disso tudo não somos débi-mentais
    Manda quem pode, obedece quem tem juízo,
    Aqui o mais fraco sempre leva o prejuízo
    Até hoje rola o voto de cabresto,
    A democracia é apenas um pretexto
    Na hora de votar tu votou em qualquer um,
    Depois de 4 anos aí que vem 'buum'
    Seu voto foi pro lixo não adianto nada
    Tu tá sem emprego com a família desesperada
    O pais que mais paga imposto no mundo,
    Ainda tem presidente chamando a gente de vagabundo

    (Refrão 2x):
    As dificuldades tão ai pra encarar,
    Se virar as costas nada vai mudar
    Não abaixo a cabeça, tô sempre na luta
    Vão tomar no cú seus políticos filhos da puta

    Falta educação e saúde pro povo
    Isso me revolta, me dá até nojo,
    Chega de noite eles conseguem dormir
    Tem que ser muito babaca com tanta miséria por aí
    A miséria só aumenta a violência,
    Não precisa ser esperto
    Vem tudo em sequência
    Furto, sequestro, assalto a mão armada,
    Tu não tem sussego, sua vida não vale nada
    Parar no sinal e ficar roendo unha,
    Isso não resolve, não muda porra nem uma

    (Refrão 2x)

    Quem tem condição, compra segurança
    Quem não tem, só mantém a esperança
    Salário mínimo, salário humilhação
    Com esse dinheiro, tu mal compra um pão
    Se você nasce pobre tu não tem oportunidade
    É muito triste mas essa é a verdade
    Acabei o colégio tô na graduação
    Represento 1% da população
    Jeitinho brasileiro, somos muito espertos,
    Isso não esconde o que tem de analfabeto
    Trabalha a vida inteira pra pagar imposto de renda,
    Mas continua pobre depois que se aposenta
    Vou ser sincero com todos do senado:
    Vocês são uns merdas !
    Tá dado recado.
    Quando são eleitos já tem até planos:
    Enriquecer bastante pra comprar carro do ano

    Na hora de roubar, tentem roubar menos,
    Não sejam egoístas, pensem um pouco nos pequenos
    Exceções existem, sempre tem
    Governantes sérios fazendo o bem
    Como são minoria, são votos vencidos
    Quem paga por isso é o povo excluído
    Apesar de tudo é uma nação feliz
    São os maus políticos que estragam o país.

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Bonde da Stronda

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.