Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    (Refrão Lk)
    Deixei minhas mágoas no meu lar
    Fui viajar eu quero fugir
    Peguei minhas malas pra sumir
    Pra subir pra longe daqui

    (Lk)
    Bem vindo ao outro lado da realidade
    Outro momento bem distante onde os valores
    Já não valem sua verdade
    Nem mentiras mas te fazem bem, bela cidade "man"
    Não achei vontade nenhuma de fazer parte
    Eu vivo em marte vem, é um novo lugar que que custa
    Seu papo mundano, mesquinho e atrasado me assusta
    Na esquina do bairro
    Nas ruas finas do centro se escuta blasfêmia
    Eu tô por dentro e bem longe do que eles buscam
    E o que cês buscam afinal? Isso tudo e morrer no final?
    Nada mal, prum burro cego, surdo e irracional
    Para que ter tanta ocupação pra se viver pouco
    Nada me encanta aqui mais, nada me prende aqui
    Faz tempo que eu decidi, mas não consegui superar
    Transcender me libertar
    Me encontrei, mas não vivi mais
    Peguei minhas malas e fugi pra longe
    Deixei minhas mágoas fui na paz de um monge

    (Refrão Lk)
    Deixei minhas mágoas no meu lar
    Fui viajar eu quero fugir
    Peguei minhas malas pra sumir
    Pra subir pra longe daqui

    (Bruno Chelles)
    Hoje eu não sei
    Ta tudo errado
    Quero correr pra bem longe daqui
    E eu vou pra bem longe daqui
    Quando acordei, tava tão cansado
    Da ignorância que nos move, sem direção
    Procuro uma saída, uma solução, uma solução

    (Rod)
    Mas ainda não achei nada além da minha própria sombra
    Caminhando em terrenos onde a maldade me ronda
    Toma, sei o que cês querem de mim
    Rimas de um novo momento a um milésimo do fim
    Cidade poluição, cinza é a cor do milênio
    Eu sei que nada me sufoca por que o Rap é oxigênio
    Mano, cê quer provar do veneno
    Quanto eu mais viajo mais sei que o mundo é pequeno
    É desigual o jogo aproveito a chance que eu tive
    Por que todo mundo morre, mas nem todo mundo vive
    Aqui é lei do mais forte cabe a quem sabe a revolta
    No labirinto de prédios poucos superam a derrota
    Não é ingratidão, da ''babylon'' eu abro mão pra mim é pouco
    Meu Rap fala por todos os loucos
    Pra longe do cimento, da terra de marlboro
    Onde Deus se esconde dentro de carteiras de couro

    (Lk, Bruno Chelles)
    Um viajante distante
    Eu sou
    Um viajante distante
    Eu sou

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de 3030

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.